Inibidores de apetite podem alterar a libido?  - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando  de Sexo29/11/2020 | 20h50Atualizada em 30/11/2020 | 11h29

Inibidores de apetite podem alterar a libido? 

Medicamentos podem, sim, interferir na resposta sexual 

Inibidores de apetite podem alterar a libido?  Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

As minhas amigas estão pegando no meu pé, pois estou tomando remédio para emagrecer. Elas dizem que vou morrer por causa disso. Mas o pior é que eu não consigo mais sentir prazer sexual. Remédios para emagrecer podem alterar a libido? Estou preocupada.

Será que você precisa mesmo tomar remédios para emagrecer? Esses medicamentos, assim como alguns outros, podem, sim, interferir na resposta sexual. 

Porém, isso não ocorre com todas as pessoas da mesma maneira. Tanto que, em certos casos, eles potencializam o desejo e o prazer. Em outros, a mesma medicação pode ter efeito contrário, pois cada indivíduo funciona de uma forma muito particular. Quando falamos sobre sexualidade, isso fica mais evidente ainda, pois os aspectos psicológicos e culturais têm um grande peso.

Leia outras colunas

Desconforto

Os inibidores de apetite, em particular, influenciam no comportamento sexual porque, normalmente, são usados por alguém que se encontra em uma situação de desconforto ou de insatisfação com o próprio corpo. 

Na verdade, há fatores que precisam ser analisados antes de questionar o efeito da medicação na libido: qual é o seu real desejo, como é a relação com a sua sexualidade e com o seu corpo. Quando você está em paz com a sua aparência e tem um par que se preocupa com o seu bem-estar, a vivência sexual se dá de uma maneira natural e, consequentemente, o orgasmo se faz presente.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros