Anitta revela que foi estuprada aos 15 anos; veja declarações da cantora na série "Made in Honório" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

A outra face de Larissa17/12/2020 | 10h29Atualizada em 17/12/2020 | 10h30

Anitta revela que foi estuprada aos 15 anos; veja declarações da cantora na série "Made in Honório"

Produção estreou nesta quarta-feira no streaming

Anitta revela que foi estuprada aos 15 anos; veja declarações da cantora na série "Made in Honório" Divulgação/Netflix
Anitta, em cena de "Made in Honório" Foto: Divulgação / Netflix
GZH
GZH

Menos showbiz e mais Larissa. Assim pode ser definida a série documental Anitta: Made in Honório, estreia desta quarta-feira (16) da Netflix. A segunda produção sobre a cantora pop para a plataforma de streaming aposta mais em relatar as histórias escondidas do passado de Larissa de Macedo Machado, nome verdadeiro da artista. Com seis episódios de 30 minutos cada, as filmagens acompanham os bastidores e até uma viagem de férias a Aspen com a família.

Estupro

Logo no episódio de estreia, Anitta revela que foi vítima de um estupro "aos 14 ou 15 anos". Apesar de ser seguida por câmeras o tempo todo no seriado, a artista se trancou em um quarto com a família para fazer esse depoimento, dizendo que um homem a manipulou e a forçou a fazer sexo.

— Eu falei que não queria mais, mas ele não me ouviu. Ele não falou nada. Ele só seguiu fazendo o que queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja, e eu fiquei olhando para a cama cheia de sangue. Faz muito pouco tempo que eu parei de achar que isso é culpa minha — revelou Anitta, em um trecho.

Falar sobre o assunto, evidentemente, ainda causa desconforto para a cantora. Renan, irmão da artista, diz em um momento que ela pediu para que não "a encarassem" enquanto ela relatava o crime. Com esse fato, ela conta que foi ali o momento em que sua "aura" surgiu:

— A Anitta nasceu da minha vontade e necessidade de ser uma mulher corajosa que nunca ninguém pudesse machucar. E que nunca ninguém pudesse fazer chorar e magoar. Que sempre tivesse uma saída para tudo — diz a artista.

Workaholic

Não é nenhuma novidade, mas a série também evidencia o quanto Anitta é dedicada a sua carreira e trabalhos. Em certo trecho do segundo episódio, a cantora aparece discutindo em uma reunião, explicando como deve ser o palco do Rock in Rio e tomando o notebook de outra pessoa para desenhar as ideias.

— A Anitta não é apenas uma artista, ela é empresária  da carreira dela, um operário em cima dessa história toda - e isso é um dos diferenciais dela. Tem gente que não se enxerga como trabalhador como ela faz — define o produtor Kondzilla.

A artista também fala que é suscetível a enfrentar relações abusivas em negociações, mas que sabe dizer o basta na hora certa.

— Essa coisa de me assediar sexualmente por questões profissionais, já sei dar um basta, até por ter sofrido com algo assim. (...) Se você estava tentando me comer, era só dizer, não gosto disso, não dá pra brincar com o trabalho dos outros — sentencia Anitta. — Nunca fiz sexo para ganhar algo em troca.

Rock in Rio

No terceiro episódio da série, Anitta também fala sobre o estresse que passou no dia de sua apresentação no Rock in Rio. De pijamas, na manhã do grande show, ela aparece andando pela casa pensando o que vai vestir e acabou se surpreendendo com a visita de uma senhora na sua casa. 

— Ela é fofinha, uma senhora, fã das antigas. Veio com uns presentes. Depois eu dei um surto com toda a equipe. Ela estava com uma blusa, com foto de nós duas escrito "poderosa" e ninguém foi capaz de olhar para ela e resolver perguntar quem era? — fala ela sobre a situação.

Ela ainda aparece gritando com empresários sobre a falta dos looks:

— Se não sou agressiva, eles não fazem o trabalho deles.

Família

Na viagem a Aspen, Anitta brinca sobre ser uma filha ciumenta com a mãe, já que a matriarca é mais próxima do irmão dela. Ela conta que sempre batalhou por sua carreira, desde cedo, porque os pais tinham uma situação financeira "ruim" boa parte da vida.

— Eu tinha ideia de trabalhar e ser responsável e, hoje em dia, depois de conquistar tudo isso, pode soar arrogante, mas eu ralei muito. Quando eu comecei eu tinha 17 anos, perdi toda a vivência até agora para conquistar essa independência pra mim e para a família — acredita.

No mesmo episódio, ela relata o encontro com Mariah Carey, em uma loja no meio da estação de esqui.

— Eu fiquei congelada quando vi ela ali, então a Mariah passou do meu ladinho com uma roupa e eu disse: "Mariah,I'm sorry". Logo em seguida, ela congelou e gritou: "Anitta, I love you!" — contou Anitta, às lágrimas, para a família, momentos depois. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros