De Tarcísio Meira e Glória Menezes a Rodrigo Lombardi e Juliana Paes: relembre duplas de sucesso na TV - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Casais da ficção11/12/2020 | 10h42Atualizada em 11/12/2020 | 10h42

De Tarcísio Meira e Glória Menezes a Rodrigo Lombardi e Juliana Paes: relembre duplas de sucesso na TV

 Seja por química ou coincidência, alguns atores continuam a voltar para os braços dos mesmos parceiros nas novelas nacionais

De Tarcísio Meira e Glória Menezes a Rodrigo Lombardi e Juliana Paes: relembre duplas de sucesso na TV TV Globo/TV Globo/Divulgação
Marcos Pasquim e Adriana Esteves em "Kubanacan" Foto: TV Globo / TV Globo/Divulgação
GZH
GZH

Kubanacan está de volta, agora disponível no catálogo da Globoplay, o que significa que o público pode acompanhar mais uma vez Marcos Pasquim e Adriana Esteves como par romântico nas telinhas. Os dois, que aqui interpretam Esteban e Lola, já contracenaram como um casal em A Lua Me Disse (2005) e Morde e Assopra (2011).

Mas os dois não são os únicos a manter relacionamentos reincidentes na televisão. Seja por química ou coincidência, alguns atores simplesmente continuam a voltar para os braços dos mesmos parceiros. 

GZH relembra a seguir algumas dessas duplas de sucesso. 

Rodrigo Lombardi e Juliana Paes

Em 2009, um casal tirou o fôlego do público durante a exibição de Caminho das Índias: Raj e Maya. A química entre Rodrigo Lombardi e Juliana Paes agradou tanto ao público que eles apareceram juntos novamente em O Astro (2011) e a A Força do Querer (2017), atualmente em edição especial na Globo, por conta da pandemia.

SX  EXCLUSIVO  Rio de Janeirro (RJ) 27/06/2011 - Caminho das Índias - Raj (Rodrigo Lombardi) Crédito: Divulgação /Rafael França/TV Globo
Rodrigo Lombardi e Juliana Paes em "Caminho das Índias"Foto: Rafael França / TV Globo/Divulgação

Fernanda Vasconcellos e Thiago Rodrigues

Quem também roubou a cena foi o casal Betina e Bernardo na 12ª temporada de Malhação (2005). Os dois deram tão certo que foram juntos direto para o horário nobre, como Nanda e Léo em Páginas da Vida (2006). Depois disso, ainda voltaram a formar um par romântico em Tempos Modernos, de 2010.

Fernanda Vasconcellos e Thiago Rodrigues em Malhação (2005)<!-- NICAID(14665883) -->
Fernanda Vasconcellos e Thiago Rodrigues em "Malhação"Foto: Divulgação / TV Globo/Divulgação

Cláudia Raia e Alexandre Borges

Os repetecos na escalação, no entanto, não são exclusividade das novelas dos últimos anos. Cláudia Raia e Alexandre Borges, por exemplo, vem contracenando como um casal desde a minissérie Engraçadinha, de 1995. Eles já atuaram juntos em As Filhas da Mãe (2001), O Beijo do Vampiro (2002), Belíssima (2005), Ti Ti Ti (2010) e Verão 90 (2019).

Lidiane (Claudia Raia) e Quinzão (Alexandre Borges) em Verão 90<!-- NICAID(14665882) -->
Cláudia Raia e Alexandre Borges em "Verão 90"Foto: Reprodução / Globo

José Wilker e Susana Vieira

Também estiveram bem entrosados há tempos, como um casal ficcional, José Wilker e Susana Vieira. Eles apareceram juntos nos anos 1970 como Nice e Rodrigo em Anjo Mau (1976). Nas quatro décadas seguintes, até a morte de Wilker em 2014, eles formaram casais inesquecíveis em Fera Ferida (1993), A Próxima Vítima (1995), Senhora do Destino (2004) e Duas Caras (2008).

susana vieira , josé wilker , gafe, dgol
José Wilker e Susana Vieira em "Senhora do Destino"Foto: TV Globo / Divulgação

Tarcísio Meira e Glória Menezes

Um dos casais mais icônicos da televisão nacional, Tarcísio Meira e Glória Menezes se apaixonaram inúmeras vezes em frente às câmeras. O primeiro casal formado por eles nos folhetins foi no clássico 2-5499 Ocupado, da TV Tupi , em 1963, e o último em A Favorita, em 2008, já na Globo. Nesse meio tempo, participaram de títulos como Irmãos Coragem (1970),  Espelho Mágico (1977), Torre de Babel (1998) e Páginas da Vida (2006).

O homem que deve morrer - Tarcísio Meira e Glória Menezes Fonte: Divulgação Fotógrafo: Carta Z
Tarcísio Meira e Glória Menezes em "O homem que deve morrer"Foto: Ver Descrição / Ver Descrição

Yoná Magalhães e Carlos Alberto

Antes disso, outro casal no mundo real fez sucesso na telinha: Yoná Magalhães e Carlos Alberto. Eles compuseram diferentes pares românticos no final dos anos 1960, incluindo nos títulos Eu Compro Esta Mulher, de 1966; A Sombra de Rebeca, de 1967; A Ponte dos Suspiros, de 1969; e Simplesmente Maria, de 1970.

A ponte dos suspiros - Carlos Alberto e Yoná Magalhães Fonte: Divulgação Fotógrafo: Arquivo Pessoal
Yoná Magalhães e Carlos Alberto em "A ponte dos suspiros"Foto: Ver Descrição / Ver Descrição


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros