Famosos se mobilizam para arrecadar dinheiro para a compra de cilindros de oxigênio para Manaus - Entretenimento

Versão mobile

 
 

No Twitter17/01/2021 | 12h52Atualizada em 17/01/2021 | 12h52

Famosos se mobilizam para arrecadar dinheiro para a compra de cilindros de oxigênio para Manaus

Amazonas vive um colapso na área da saúde; o youtuber Whindersson Nunes reuniu dezenas de personalidades na noite de quinta-feira em uma corrente de solidariedade 

Famosos se mobilizam para arrecadar dinheiro para a compra de cilindros de oxigênio para Manaus ResourceSpace/ResourceSpace
Foto: ResourceSpace / ResourceSpace

O Amazonas vive um colapso na área da saúde por conta da escassez de oxigênio para pacientes em estado grave. Uma das cidades brasileiras mais afetadas pelo coronavírus em janeiro, a capital Manaus enfrenta, junto com a sobrecarga do sistema de saúde, o aumento no número de mortes devido à doença. Desde o dia 3, mais de 838 pessoas foram sepultadas. Destas, 160 somente na última terça-feira (12), de acordo com informações do prefeito da cidade, David Almeida.  

A repercussão da situação na região mobilizou dezenas de famosos do país a realizar doações. O youtuber Whindersson Nunes foi quem começou uma das maiores correntes de solidariedade na internet na noite de quinta-feira (14).

"Providenciando 20 cilindros de 50L de oxigênio para distribuir nas unidades mais urgentes em Manaus! Alô, meus amigos artistas! Na hora de fazer show é tão bom quando o público nos recebe com carinho, né? Vamos retribuir?", escreveu ele em seu perfil do Twitter.

Em seguida, contou que o humorista Tirullipa, a apresentadora Tatá Werneck, a cantora Simone e o músico Tierry também se uniram à ação.

"Estou no Whats com a galera. Vai dar certo", compartilhou ele.

Nas respostas da publicação, a apresentadora Paola Carosella, o escritor Paulo Coelho, o jogador Diego Ribas, a médica e ex-BBB Thelma Assis, a dupla sertaneja Jorge e Mateus, o influenciador Hugo Gloss e a youtuber Maíra Medeiros também se ofereceram para ajudar na doação.

Na sequência, a sertaneja Marília Mendonça garantiu a doação de mais 20 cilindros, assim como o cantor Wesley Safadão e a esposa, Thyane, e o jogador de futebol Richarlison Andrade. Foi quando o youtuber Felipe Neto informou que a compra de cilindros não estava sendo possível.

"Galera, apuramos e não há NENHUM cilindro de oxigênio para ser comprado no Amazonas, não importa o quanto a gente tente. Estamos fazendo de tudo para ver se há como levar cilindros pra lá. A Cristina Tardáguila (jornalista) está trabalhando muito para viabilizar. Se conseguirmos, avisarei a vocês", começou ele.

"Apaguei meu tweet da compra de 40 cilindros de oxigênio porque não tem! A situação é gravíssima e pode se ampliar para o país inteiro. Ninguém consegue comprar os cilindros e se as pessoas decidirem comprar pra si 'por segurança', vai ser o caos total. Ninguém comprou cilindro nenhum pra Manaus. Nenhum", reforçou.

Em seguida, explicou que a prioridade era viabilizar o transporte dos cilindros.

"Pessoas sérias estão trabalhando agora pra tentar viabilizar o transporte de cilindros cheios. Não é fácil! Precisa de autorização da Força Aérea Brasileira", escreveu.

Whindersson então se pronunciou em seu perfil e relatou que seu empresário estava em contato com a White Martins, uma das maiores fornecedoras de oxigênio hospitalar no Brasil.

"Ninguém comprou cilindros, os artistas estão SE COMPROMETENDO publicamente a ajudar com o VALOR EM CILINDROS, se MOBILIZANDO pra ajudar DE ALGUMA FORMA, mas a interpretação é difícil para alguns", postou.

E então pediu ajuda ao sertanejo Gusttavo Lima:

"Alô, Gusttavo Lima, se conseguir a logística para levar os cilindros me dá um alô que tem gente na bala aqui pra doar".

Em seu perfil, o cantor relatou que estava prevendo a chegada de 150 cilindros no sábado a Manaus.

"Estamos desenhando toda a logística e sábado estará chegando em Manaus 150 CILINDROS de OXIGÊNIO... Estou com todos vocês, Manauaras".

Whidersson ainda pediu ajuda para "alguma autoridade competente" para saber se é possível fretar um avião de carga para transportar os cilindros até Manaus. Por fim, contou ter um carinho especial pela cidade e compartilhou que, após a divulgação, a campanha "SOS Amazônia" arrecadou R$ 340.617,80.

"Eu tenho um carinho especial por Manaus porque foi uma das primeiras cidades a me dar moral como artista, nunca me esqueço, me ajudou a ser o artista que sou hoje. Muitas doações no Pix para materiais hospitalares, e temos um valor de 150 cilindros de 50L, amanhã atualizo para vocês", concluiu.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros