Saiba o que caracteriza o comportamento sexual compulsivo - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo17/02/2021 | 13h40Atualizada em 17/02/2021 | 13h40

Saiba o que caracteriza o comportamento sexual compulsivo

Às vezes, sexo deixa de ser um prazer e vira um vício

Saiba o que caracteriza o comportamento sexual compulsivo Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Eu sou viciada em sexo, mas estou confusa: isso significa que tenho uma doença?

É difícil responder se você é viciada em sexo, uma vez que não deixa claro com que frequência o ato sexual está presente no seu pensamento ou em suas ações.

O comportamento sexual compulsivo, também conhecido como ninfomania, é classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como transtorno mental. 

O que caracteriza esse transtorno é a impossibilidade de controlar desejos ou impulsos sexuais repetitivos e intensos, que causam acentuado sofrimento ou dano.

No entanto, ainda há um debate científico em andamento sobre se o transtorno de comportamento sexual compulsivo constitui a manifestação de um vício comportamental ou não.

Leia outras colunas

Consequências

A compulsão por sexo não significa que a pessoa está insatisfeita com o par ou que precisa ter relações sexuais mais frequentes. A hipersexualidade corresponde, portanto, a um problema que faz com que o sexo se torne o foco de sua rotina, desejos e pensamentos.

Como consequência, quem sofre desse distúrbio costuma ficar desleixado com sua vida, com a própria saúde, amigos, familiares e companheiros.

O comportamento pode resultar em depressão e ansiedade, pois a maioria dos afetados nem sente prazer com a masturbação ou atividade sexual repetida. 

A psicoterapia é a forma mais eficiente de tratar o transtorno do comportamento sexual compulsivo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros