Entrosamento orgânico e rock de periferia: conheça a Eteoria - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Estrelas da Periferia23/03/2021 | 11h52Atualizada em 23/03/2021 | 11h53

Entrosamento orgânico e rock de periferia: conheça a Eteoria

Banda surgiu em 2019 e já foi finalista de concurso promovido por Dinho Ouro Preto

Entrosamento orgânico e rock de periferia: conheça a Eteoria Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Banda tem inspiração em nomes como Reação em Cadeia Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Com integrantes dos bairros Agronomia, na zona Leste da Capital, e do Sarandi, na zona Norte, a banda Eteoria surgiu em 2019, fruto de um entrosamento quase que orgânico entre seus integrantes - Thiago Mello (vocal), Marcus Lima (guitarra solo), Marcelo Martins (bateria) e Átila Rees (baixista), que estão juntos desde o começo da banda. Logo em seguida, entrou Matheus Oliveira (guitarra base). 

- O começo da banda foi bem engraçado. Em 2018, os guris estavam atrás de vocalista para o projeto que eles tinham criado. Aí, o Marcelo que é o baterista me adicionou no Facebook, pois chegou até mim por causa do meu trabalho, sou tatuador. No mesmo dia, eu tinha postado um vídeo cantando uma música minha de anos atrás, do meu primeiro projeto de banda. Ele mostrou o vídeo pros guris, marcou de fazer uma tatuagem comigo e, quando estávamos, tatuando ele colocou umas músicas que ele curtia - lembra Thiago.

Ali, conversa vai, conversa vem, Marcelo disse que tinha uma banda, mas precisava de um vocalista. E Thiago disse que era um vocalista sem banda. 

- Foi tudo um plano deles, marcar para fazer a tatuagem e me sondar. E acredita que, até hoje, não terminamos a tatuagem (risos)? A  nossa ligação é muito da hora, nós 5 pensamos igual sobre música e processo criativo - comemora Thiago. 

Bom começo

Com inspiração em nomes da cena roqueira como Reação em Cadeia e os norte-americanos da Breaking Benjamin, os gaúchos começaram sua trajetória com lançando seu primeiro EP, com seis canções, em um lugar importante para lançamento de artistas iniciantes: a Livraria Cultura. 

- Fomos o terceiro grupo a lotar a casa - celebra Thiago. 

Conheça outras histórias de Estrelas da Periferia

Outro momento importante da banda foi quando os músicos chegaram na final do concurso Dinho's Rock Contest, organizado pelo roqueiro Dinho Ouro Preto, em seu canal do YouTube, para descobrir novos talentos no rock. Entre mais de dois mil inscritos, os gaúchos conseguiram chegar na final do concurso, que foi vencido pela banda paulista Fraterna Trip. 

Em 2020, a banda abriu o show de Serginho Moah, no PoaDrive-in. Atualmente, os músicos estão em estúdio, produzindo a próxima canção da banda, sem esquecer das origens dos músicos, é claro.

- Rock é crítica, né? A gente aborda situações e sentimentos contemporâneos. Todos nós nascemos e fomos criados em periferia, a arte, a música foi o que nos deu um norte. Um jeito de espalhar nossa mensagem - afirma Thiago. 

Pitaco:

Claus fala sobre o trabalho da banda:

_ Eteoria está de parabéns pela sonoridade, elaboração de frases e riffs de violões, voz madura e melodias muito bonitas!

Mostre seu trabalho por aqui!

- Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas e vídeos e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.

- Para falar com a banda, ligue para 98565-4966



 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros