Regina Casé celebra o retorno de Lurdes: "Ela é o próprio Brasil, com suas dificuldades e questionamentos" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

"Amor de Mãe"10/03/2021 | 10h29Atualizada em 10/03/2021 | 10h34

Regina Casé celebra o retorno de Lurdes: "Ela é o próprio Brasil, com suas dificuldades e questionamentos"

Novela de Manuela Dias volta com capítulos inéditos dia 15

Regina Casé celebra o retorno de Lurdes: "Ela é o próprio Brasil, com suas dificuldades e questionamentos" Camilla Maia / TV Globo/Divulgação/TV Globo/Divulgação
Dona Lurdes mora em nossos corações Foto: Camilla Maia / TV Globo/Divulgação / TV Globo/Divulgação

Além da pandemia e das dificuldades financeiras, outro grande mal assola os brasileiros: a solidão. Segundo o instituto de pesquisa Ipsos, um estudo realizado em vários países — entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021 — revelou que o Brasil é o país com maior índice de pessoas que se sentem solitárias. Natural, talvez por sermos um povo conhecido pelo calor humano, pelas festas e aglomerações, coisas que não foram possíveis durante os últimos meses – a quem respeitou o distanciamento social recomendado, é claro. 

Por isso, todos nós precisávamos mais do que nunca de Amor de Mãe. Literalmente. A novela de Manuela Dias voltou ao ar no dia 1º, em compacto dos melhores momentos, e, na próxima segunda-feira, os capítulos inéditos serão retomados. Dona Lurdes (Regina Casé) fez muita falta. Os telespectadores se sentiram um pouco órfãos neste um ano de ausência, e não é para menos, afinal, a personagem é um alento para quem acompanha a trama. Ao garantir aos filhos "calma, tua mãe tá aqui", é como se ela o dissesse a cada um de nós, que nos sentimos, também, um pouco abraçados. 

Presença marcante

Os abraços serão mais raros nos próximos capítulos da novela, mas a presença de Lurdes estará mais forte do que nunca. Para Regina Casé, não foi fácil ficar tanto tempo sem encarnar a mãezona, mas trazer a personagem de volta foi um processo que aconteceu em um piscar de olhos.

— Coloquei os óculos, a bolsa e a Lurdes veio em um segundo. São mágicos. Botou, virou! — brinca a atriz.

Inserir a pandemia no contexto da novela era algo impensável para a autora, Manuela Dias. Até mesmo o elenco era resistente à ideia de levar para a ficção a dura rotina que já vivenciava na realidade — distanciamento, máscaras, higienização constante e uso de álcool gel. 

Porém, logo a equipe percebeu que o coronavírus precisava virar um "personagem" a mais dessa história.

— Lá no começo, Manuela chegou a dizer: "Deus me livre ter pandemia na novela". Eu mesma falava: "Está tão duro viver isso todo dia, imagine na ficção". Até que os textos chegaram. Fiquei com medo, mas achei uma coisa ótima — conta Regina.

amor de mãe, Lurdes ( Regina Casé ) e thelma (adriana esteves)<!-- NICAID(14731009) -->
Pandemia será retratada na novelaFoto: TV Globo / Divulgação

Dificuldades reais

Convivendo há um ano com a pandemia de covid-19, a população precisa de uma boa dose de coragem para seguir em frente. Com Lurdes e outros personagens de Amor de Mãe, não é diferente. A trama mostrará muitos dos dilemas e sofrimentos da vida real.

— Ela é, na verdade, o próprio Brasil com suas dificuldades e questionamentos: “Como vou ganhar dinheiro? Como meu filho vai trabalhar? Como vou sair de casa e vou ao médico?”. Essas emoções conferiram à novela uma dimensão demasiadamente humana — finaliza a artista.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros