Riscos de tomar medicamento para disfunção erétil - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo04/04/2021 | 16h33Atualizada em 04/04/2021 | 17h04

Riscos de tomar medicamento para disfunção erétil

Usar medicamentos sem indicação médica pode causar danos à saúde

Riscos de tomar medicamento para disfunção erétil Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Estou com 38 anos e tenho usado Viagra sempre. No começo, tomei só para experimentar e melhorar o meu desempenho sexual. Agora, me sinto dependente do remédio, tenho medo de tentar transar sem ele e não ter ereção. O que vocês acham disso?

Sabemos que os homens sem problemas para obter uma ereção estão usando famoso comprimido. O que não é uma boa escolha. 

Eles têm recorrido à pequena pílula azul para tratar a disfunção erétil há quase 20 anos. Desde que o Viagra entrou em cena pela primeira vez, em 1998, o número de homens diagnosticados com problemas de ereção aumentou. É seguro dizer que a droga deu a milhões de homens uma opção eficaz para melhorar sua vida sexual. Mas tomar Viagra ou outros medicamentos, como Cialis ou Levitra, quando você não tem disfunção erétil, pode ser perigoso. 

Leia outras colunas

Fique atento

Nunca é uma boa ideia usar um medicamento que não foi prescrito pelo seu médico. Existem riscos e efeitos colaterais. Além disso, isso pode afetar a sua condição médica que, dependendo de como está, pode sofrer consequências graves.

Alguns homens que não têm disfunção erétil, mas usam Viagra, também podem se tornar psicologicamente viciados no remédio e depender dele para ter uma ereção. Você deve sempre consultar o seu médico para o uso de qualquer medicação. 

Sabemos que o que você quer é ser feliz sexualmente, mas há muitas maneiras de fazer isso: algumas com remédios (quando necessário) e outras sem, usando a concentração e criatividade.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros