Destaque em batalhas e rap no sangue: conheça Nicolas Walter - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Estrelas da Periferia11/05/2021 | 13h53Atualizada em 11/05/2021 | 13h53

Destaque em batalhas e rap no sangue: conheça Nicolas Walter

Músico, que se inspirou no irmão, representará o Rio Grande do Sul em duas batalhas nacionais, ainda neste mês. 

Destaque em batalhas e rap no sangue: conheça Nicolas Walter Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Rapper é destaque da nova cena por aqui Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Com apenas 23 anos, Nicolas Walther da Silva está prestes a realizar o sonho de boa parte dos rappers gaúchos: representar o Rio Grande do Sul em competições nacionais de batalha, duelo de rimas, tradição histórica do gênero no país. No dia 15 deste mês, ele participa do Esquenta BDA - 5 anos, maior batalha do país, que será em formato de live, por conta da pandemia de coronavírus, e será realizada em São Paulo. 

Com transmissão ao vivo pela plataforma Twitch, o evento terá a participação de nomes conhecidos do gênero no país, como Krawk, de São Paulo, MCharles, do Ceará, além de Nicolas Walter. Por conta do cenário atual, todos os MCs farão farão teste de covid-19 para que possam participar do evento, que tem como prêmio para o vencedor R$ 10 mil, além da classificação para a Batalha da Aldeia, outro evento tradicional no país.

- Batalha é tipo uma faculdade dentro do rap, tu ganha noção de como agir em grupo, de como se tornar destaque. É como se fosse uma preparação para entrar no mundo da música - explica Nicolas. 

Conheça outras histórias da seção

Ansiedade

Para completar o bom momento, o gaúcho, que foi campeão estadual de batalha, recentemente, também representará nossos sons no Duelo Nacional de MCs, que acontece em Belo Horizonte, Minas Gerais, nos dias 22 e 23 de maio.

- Para esta competição, minha preparação está sendo assistir muitas batalhas, estou ansioso. Mas nunca treinei muito para as batalhas, a coisa vem de uma maneira meio orgânica, mesmo - afirma Nicolas, morador do bairro São José, zona leste da Capital.

O jovem talento, que começou a "batalhar", como se diz no meio do rap, em 2015, entrou no gênero por influência do irmão, Jeff, que integrou o grupo Milianos, que já foi destaque aqui na seção. 

- Me inspirei nele, mas sempre fiz carreira solo, nunca integrei grupo de rap - afirma.

Antes da pandemia, Nicolas vinha ganhando destaque no cenário local, tendo participado, inclusive, do palco Rap in Cena, do Planeta Atlântida, em 2019. No mesmo ano, gravou uma de suas canções que ganhou mais destaque, Sul Acústico, com participação especial de Laypold e Pietra Keiber, cujo clipe, no YouTube, tem mais de cinco milhões de visualizações.

- Eu vinha num ritmo muito bom antes da pandemia. Mas esse destaque que venho ganhando nas batalhas, representando o meu Estado, mostram que estou no caminho certo - finaliza o gaúcho. 

Pitaco

Adriano Brasil, produtor artístico, fala do trabalho de Nicolas.

- Ele é um dos rappers mais talentosos que surgiram no Estado, nos últimos anos. Certamente, ficará ainda mais conhecido fora do Rio Grande do Sul. 

Aqui, o espaço é todo seu

- Para falar com o MC, ligue para 9341-8778.

- Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas e vídeos e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros