O que acontece no corpo durante um beijo - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo05/05/2021 | 13h29Atualizada em 05/05/2021 | 13h29

O que acontece no corpo durante um beijo

Quando os lábios se tocam, mandam ao cérebro todo um dossiê de dados 

O que acontece no corpo durante um beijo Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Símbolo de afeto, o encontro entre bocas apaixonadas desencadeia uma série de reações químicas que mexem com a gente. Hoje, vamos explicar o que um beijo representa para o corpo.

O beijo é um gesto sexual suave, o único bem visto publicamente: os casais costumam fazê-lo sem constrangimento diante de familiares e estranhos. Mas a realidade é que se trata de um detalhe carregado de erotismo. 

O beijo é um dos contatos físicos mais intensos que dois amantes podem se dar. A tempestade hormonal que provoca é tamanha que, por si só, pode causar paixão. Feche os olhos e peça ao par que toque suavemente seus lábios com um dedo. Perceberá como, com esse gesto aparentemente banal, você sentirá um arrepio de sensações, pois, graças à finíssima pele dos lábios, suas terminações nervosas estão mais expostas. 

Leia outras colunas

Sensações únicas

Mas antes disso pode haver um momento de antecipação. Um olhar cúmplice que precede o beijo e a aproximação dos rostos já ativam nosso organismo. A dopamina (substância que, quando liberada, provoca a sensação de prazer e intensifica a motivação) aumenta a tensão arterial e acelera a pulsação, o que nos dá um pico de energia e aguça os sentidos.

Quando os lábios se tocam, mandam ao cérebro todo um dossiê de dados sobre umidade, pressão, temperatura... Nesse instante a dopamina – que já entrou em funcionamento com os olhares prévios entre o casal – chega ao cérebro e produz seu complemento perfeito: provoca uma sensação divina de plenitude e felicidade.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros