Elói Zorzetto celebra volta aos estúdios da RBS TV depois de 15 meses: "Me sinto mais em casa do que na minha própria casa" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Retomada da rotina05/07/2021 | 15h54Atualizada em 05/07/2021 | 15h54

Elói Zorzetto celebra volta aos estúdios da RBS TV depois de 15 meses: "Me sinto mais em casa do que na minha própria casa"

Apresentador fala sobre protocolos e como foi apresentar o "RBS Notícias" de uma das salas de sua residência

Elói Zorzetto celebra volta aos estúdios da RBS TV depois de 15 meses: "Me sinto mais em casa do que na minha própria casa" Instagram Elói Zorzetto / Reprodução/Reprodução
Elói Zorzetto e Daniela Ungaretti nos estúdios do "RBS Notícias" Foto: Instagram Elói Zorzetto / Reprodução / Reprodução

Conduzir o telejornal mais assistido da grade da RBS TV da própria sala de estar. Por 15 meses, esta foi a realidade de Elói Zorzetto, 62 anos, que precisou comandar o RBS Notícias em uma estrutura montada em uma das salas de sua casa. Agora, o sentimento é de tranquilidade. 

Depois de tomar a vacina contra a covid-19 em maio e seguindo um rigoroso protocolo sanitário, Zorzetto voltou aos estúdios presencialmente no dia 23 de junho.

— Já são mais de 40 anos no telejornalismo, voltar assim é muito bom, porque me sinto mais em casa do que na minha própria casa (risos). Fico muito mais tranquilo de estar presencialmente na RBS. E tem essa dualidade ali dentro do estúdio que é interessante: a gente informa e acaba se admirando ou se apavorando com as notícias junto com o público — garante ele.

O apresentador conta, aos risos, que a estrutura instalada em sua sala virou o "cantinho do Elói". A base da câmera foi montada em um extremo da mesa, junto com dois painéis de luz. Dali, com seu notebook, o jornalista seguia editando e produzindo o telejornal noturno.

— Tinha a menor quantidade possível de informação no fundo, porque busquei preservar minha família e não dar mais informações para que as pessoas ficassem focadas mesmo nas notícias. Ninguém entrava ali de jeito nenhum (…) Mergulhei fundo no trabalho, acabava não pensando em outra coisa, mas foi muito gratificante — reforça Zorzetto.

Durante o período que exigia regras mais restritivas de isolamento, o âncora diz que saía poucas vezes para ir à farmácia ou ao mercado, e que depois de ter tomado a vacina da AstraZeneca veio uma sensação de esperança. Para ele, os cientistas estão "trocando o pneu com o carro andando", já que seguem os estudos relacionados às novas cepas da doença, mas todos devem seguir animados.

— A pesquisa não é tão rápida, estamos ansiosos para que o mundo volte ao normal, mas o avanço da ciência está nos proporcionando a redução das mortes — reflete.

Evolução

Com 43 anos de RBS, sendo 33 deles no comando do RBS Notícias, Zorzetto aponta que nunca trabalhou em uma cobertura tão longa e intensa como a da pandemia do coronavírus. Ele também avalia que, ao longo dos anos, a evolução dos métodos de produção tem proporcionado entradas rápidas no ar e uma liberdade maior para o telejornal exibir imagens feitas com celular, por exemplo.

Zorzetto ainda tem outros motivos para celebrar: o crescimento da audiência do RBS Notícias durante a pandemia e a retomada da parceria com Daniela Ungaretti.

— Estamos ali com o distanciamento regulamentado, com a régua entre nós o tempo todo (risos). (…) Ela (Daniela) dispensa apresentações, competente, atualizada e uma visão jornalística exacerbada. Ela é uma peça bastante fundamental no RBS Notícias — avalia.

Aos 62 anos, o jornalista segue firme em seu papel na comunicação:

— Nem estou pensando em aposentadoria. Enquanto estiver fazendo um trabalho que eu acredito que seja produtivo, eu continuo. Depois disso, para frente, aí não sei o que faria

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros