Guri de Uruguaiana relata o causo do Capitão Alegrete - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Só se fala noutra coisa!28/08/2021 | 10h00Atualizada em 03/09/2021 | 08h51

Guri de Uruguaiana relata o causo do Capitão Alegrete

O gaudério jura que naquela época a fronteira era banhada por vários oceanos

Guri de Uruguaiana relata o causo do Capitão Alegrete Fabrício Eckhard / Divulgação/Divulgação
Que falta de opção, vivente! Foto: Fabrício Eckhard / Divulgação / Divulgação

Chê! Há muitos e muitos anos, viveu um velho homem do mar lá no Alegrete, conhecido como Capitão Alegrete.

Naquele tempo, a região era banhada por oceanos. O capitão era muito valente e jamais teve medo diante de qualquer inimigo. Certa vez, estava  tranquilaço em seu navio quando um dos marujos avistou um barco pirata. 

O capitão gritou: 

– Tragam a minha camisa vermelha! 

Vestindo-a, ordenou aos seus homens: 

– Ataquem e vençam estes malditos piratas! 

E assim foi: guerrearam e acabaram com os piratas. Alguns dias depois, um marujo viu mais dois barcos piratas. O capitão pediu, novamente, sua camisa vermelha. De novo, lutaram e venceram os piratas. Naquela mesma noite, seus homens perguntaram por que ele sempre pedia a camisa vermelha antes de entrar em uma batalha, e o Capitão respondeu: 

– Se eu for ferido em combate, a camisa vermelha não deixará que meus homens vejam meu sangue e, assim, todos continuarão lutando sem medo. 

Diante daquela declaração, todos os marujos ficaram em silêncio, maravilhados com a coragem do comandante. Quando o dia seguinte amanheceu, outro marujo avisou que não viu um ou dois, mas 10 barcos piratas que se aproximavam. O capitão gritou: 

– Tragam a minha bombacha marrom!

Que barbaridade!


O médico inexperiente

coluna do guri de uruguaiana , 28 e 29 de agosto de 2021<!-- NICAID(14873615) -->
Que balaca, hein? Tô de olho!Foto: Fabrício Eckhard / Divulgação

Chê! Este causo, além de verídico, aconteceu de fato. 

Um jovem médico abriu um consultório modesto. Enquanto esperava pela clientela, ficava imaginando uma forma de se promover na cidade. 

Quando entrou o primeiro vivente no consultório, ele já estava preparado. Fingiu que estava ocupadíssimo, fez sinal para que o bagual aguardasse um pouco, pegou o telefone e fez de conta que estava em uma ligação urgente: 

– Sinto muito, senhor governador. Amanhã, não poderei estar presente. Tenho uma cirurgia cardíaca arriscadíssima logo cedo. À tarde, tenho que dar aulas na faculdade e, à noite, embarco para um congresso em Nova York – falou o médico.

Depois de toda essa balaca, ele desligou o telefone, se virou para o bagual que o aguardava e perguntou: 

– Em que posso ajudá-lo? 

– Eu sou da empresa de telefonia. Vim instalar a sua linha telefônica – disparou o homem. 


Último Show da Temporada

Tu não pode deixar de perder, chê!Foto: Fabrício Eckhard / Divulgação

Chê! Na próxima terça-feira, às 20h, farei o último show da temporada do Programa do Guri no Teatro AMRIGS (Avenida Ipiranga, 5.311, em Porto Alegre). Pode ir tranquilo, pois todos os protocolos de segurança contra a covid-19 serão seguidos.

O espetáculo é no formato de programa de auditório, com banda ao vivo, convidados especiais e quadros baguais: Desafio da Chula, Truco ou Retruco, Tchê Voice Bagual e muito mais! 

Desta vez, estarão comigo no palco o cantor Joca Martins e o DJ Cabeção. Garante teu ingresso lá no site sympla.com.br!


TIRINHA

Foto: Artebiz / Divulgação


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros