Apps de relacionamento: cálculos podem falhar - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo16/09/2021 | 12h54Atualizada em 16/09/2021 | 12h54

Apps de relacionamento: cálculos podem falhar

A "matemática do amor" não é tão confiável quanto parece

Apps de relacionamento: cálculos podem falhar Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Tenho usado muito os aplicativos de relacionamento, mas não consigo fazer com que meus encontros sejam legais. Será que isso acontece com outras pessoas também? Vejo todo mundo dizendo que se dá bem nos aplicativos! 

Amiga! Esses "desencontros" são mais comuns do que você imagina, mesmo após várias combinações de perfis nos aplicativos de relacionamento. 

Uma pesquisa recente, que foi realizada nos Estados Unidos, explica a razão pela qual muitas pessoas experimentam terríveis aproximações reais. Segundo este estudo, nem mesmo o mais sofisticado algoritmo de aplicativo de paqueras é capaz de prever com precisão uma suposta combinação romântica. 

Os participantes responderam a mais de cem perguntas sobre seus traços de personalidade e preferências em um parceiro e, em seguida, tiveram encontro rápidos, de quatro minutos, com outros participantes do sexo oposto.

Leia outras colunas

Sem milagres

Os participantes tinham que classificar cada interação, observando tanto seu nível de interesse quanto a atração sexual que sentiam pela pessoa. No resultado, apareceu a falha da "matemática do amor", que não conseguia identificar um único padrão sequer dentro das respostas que determinariam se duas pessoas iriam se dar bem. 

Os aplicativos fornecem acesso a um conjunto de parceiros compatíveis e disponíveis. O filtro até aumenta as chances de compatibilidade, mas não é capaz de dar grandes pistas sobre o seu par ideal ou mesmo se um encontro será legal e prazeroso.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros