Feira do Livro de Porto Alegre terá edição híbrida entre 29 de outubro e 15 de novembro - Entretenimento

Versão mobile

 
 

De volta à Praça da Alfândega13/09/2021 | 10h13Atualizada em 13/09/2021 | 10h13

Feira do Livro de Porto Alegre terá edição híbrida entre 29 de outubro e 15 de novembro

Público poderá visitar os estandes no centro da Capital ou acessar as lojas virtuais dos livreiros participantes

Feira do Livro de Porto Alegre terá edição híbrida entre 29 de outubro e 15 de novembro André Ávila / Agencia RBS/Agencia RBS
Em 2021, a Praça da Alfândega volta a receber eventos da Feira do Livro de Porto Alegre, como ocorreu até a edição de 2019 Foto: André Ávila / Agencia RBS / Agencia RBS
GZH
GZH

A tradicional Feira do Livro de Porto Alegre voltará neste ano à Praça da Alfândega. Se em 2020, devido à pandemia, o evento foi totalmente virtual, em sua 67ª edição ele será realizado em formato híbrido, entre os dias 29 de outubro e 15 de novembro.

Bancas de livreiros, estandes de patrocinadores, a Praça de Autógrafos e parte da programação poderão ser conferidos presencialmente. O conteúdo online será produzido no prédio do Memorial do Rio Grande do Sul, que fica na Praça da Alfândega, e será transmitido por meio da plataforma digital da Feira do Livro. Assim como no ano passado, o público poderá acessar as lojas virtuais dos 58 expositores confirmados para esta edição.

A 66ª Feira do Livro foi marcada, especialmente, por dois fatores. Tanto por ter sido a primeira vez em que o evento transcorreu de forma virtual, quanto por ter escolhido o primeiro patrono negro, o romancista Jeferson Tenório, que também é colunista de Zero Hora

Leia mais
Autora da série "Desalma", Ana Paula Maia mergulha no apocalipse em novo livro
Mulher veste pele de homem para refletir sobre sexualidade e desigualdade de gênero

Autor de O Beijo na Parede (Sulina, 2013), Estela Sem Deus (Zouk, 2018) e do O Avesso da Pele (Companhia das Letras, 2020), a opção por Tenório em 2020 demonstrou a tentativa dos organizadores do evento de alinharem-se com debates sobre racismo e representatividade, além de valorizar o trabalho de escritores que vêm renovando a literatura. Por enquanto, o patrono de 2021 ainda não foi anunciado.

Ainda não é assinante? Assine GaúchaZH e tenha acesso ilimitado ao site, aplicativos e jornal digital. Conteúdo de qualidade na palma da sua mão.

 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros