Relembre as novelas que passaram mais vezes pela telinha - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Vale a pena ver e rever06/09/2021 | 11h35Atualizada em 06/09/2021 | 11h38

Relembre as novelas que passaram mais vezes pela telinha

Prestes a estrear sua quarta reprise, "O Clone" é uma das tramas mais exibidas na TV

Relembre as novelas que passaram mais vezes pela telinha TV Globo / Divulgação/Divulgação
"A Viagem" já foi ao ar cinco vezes, sempre um sucesso Foto: TV Globo / Divulgação / Divulgação

Como é bom assistir de novo ou, pelo menos, dar aquela espiadinha nas cenas marcantes das novelas que ficaram guardadas na nossa memória afetiva, não é? Algumas tramas fazem tanto sucesso que são reprisadas uma, duas e até quatro vezes! E os noveleiros de plantão não se cansam de ver. 

É o caso de O Clone (2001) que, a partir de 4 de outubro, terá mais um repeteco no Vale a Pena Ver de Novo, exatos 20 anos após a primeira exibição. A trama de Gloria Perez já foi reexibida à tarde em 2011 e também foi ao ar pelo canal a cabo Viva até agosto de 2020. Hoje, o DG te ajuda a relembrar outras histórias que passaram várias vezes pela telinha!

09.08.2001 - DivulgaÁão - Jayme Monjardim - Tv Globo - Giovanna Antonelli e Murilo BenÕcio nas gravaÁies da novela O Clone no Marrocos#PÁGINA:20#EDIÇÃO:2FD Fonte: Divulgação Fotógrafo: Jayme Monjardim<!-- NICAID(1245174) -->
Jade e Lucas vêm aí mais uma vez!Foto: Ver Descrição / Ver Descrição

Campeãs de reprise

Há duas novelas que já foram exibidas cinco vezes na telinha cada uma. Uma delas é Por Amor (1997), sucesso de Manoel Carlos. Além da exibição original, foram duas reprises no Vale a Pena Ver de Novo, em 2002 e 2019. No Viva, foi ao ar em 2010 – uma das primeiras atrações do canal – e voltou em 2017. Aposto que muita gente para e assiste novamente à dramática cena de Helena (Regina Duarte) e César (Marcelo Serrado) trocando os bebês.

Por amor.<!-- NICAID(12898571) -->
Dilemas de Helena e Eduarda emocionaramFoto: Viva / Divulgação

Outro sucesso em todas as épocas é A Viagem (1994). A última novela escrita por Ivani Ribeiro (1922 – 1995) emocionou o público ao  falar sobre a vida após a morte. Pelo tormento de Alexandre (Guilherme Fontes) ou pelo amor eterno de Diná (Christiane Torloni) e Otávio (Antonio Fagundes), a trama encantou com cenas que tocaram o coração. Na Globo, ainda teve  duas reprises, em 1997 e 2006. Voltou ao ar no Viva em 2015 e, até o mês passado, estava na telinha como um dos maiores sucessos do canal. Quem nasceu em tempos de redes sociais revisitou a história, que segue atualíssima há quase 30 anos.

Guilherme Fontes é Alexandre  na novela A viagem<!-- NICAID(14678913) -->
Alexandre (Guilherme Fontes) assustou o público muitas vezesFoto: TV Globo / Divulgação

Golaço de Maneco

Manoel Carlos é mestre em escrever sobre o cotidiano. Não à toa, suas novelas são atemporais, já que falam sobre sentimentos e relações que não envelhecem. É o caso de Laços de Família (2000), exibida no Vale a Pena Ver de Novo até abril deste ano, com grande repercussão. 

helena e edu , vera fischer , reynaldo gianecchini, laços de família<!-- NICAID(14587563) -->
Polêmicas, paixões e muito drama fizeram de "Laços de Família" um novelãoFoto: Jorge Baumann / TV Globo/Divulgação

A novela havia sido reprisada anteriormente, na mesma faixa, em 2005. No Viva, foi ao ar em 2016. Apesar do sucesso, alguns detalhes não passaram despercebidos ao público atual. Cenas que remetem ao machismo, a relações abusivas e a traições ganharam novos contornos e foram duramente condenadas pelos telespectadores mais jovens.

Clássico é clássico

500 ANOS - BRASIL 500 ANOS - TELENOVELA - JOSÈ WILKER E REGINA DUARTE EM UMA CENA DO CAPÕTULO FINAL DE ROQUE SANTEIRO, NOVELA DE DIAS GOMES. Fonte: Divulgação Fotógrafo: Não se Aplica<!-- NICAID(883379) -->
"Roque Santeiro" é um clássico que sempre vale reverFoto: Divulgação / Divulgação

Roque Santeiro, de Dias Gomes (1922 – 1999) e Aguinaldo Silva, marcou época desde sua primeira exibição, em 1985. A Viúva Porcina (Regina Duarte) deu o ar da graça mais duas vezes na TV aberta, em 1991 e 2000. No canal Viva, foi reprisada em 2011.

Sucesso oitentista

Christiane Torloni (Jô Penteado) *** Local Caption *** DVD Nº 91Cena de A Gata Comeu<!-- NICAID(14802731) -->
Confusões de Jô Penteado fizeram sucessoFoto: CEDOC / Globo

Por mais que hoje em dia pareça uma história machista, A Gata Comeu (1985), de Ivani Ribeiro, recebeu o status de clássico por ter marcado uma época que, mesmo recente, já é considerada retrô.

A história de Jô (Christiane Torloni) reúne diversão, romance e um bom elenco infantil, ingredientes ideais para as exibições vespertinas, que ocorreram em 1989 e 2001. O Viva reapresentou a novela em 2016.

O feitiço das gêmeas

Gloria Pires, Guilherme Fontes (Ruth, Marcos)<!-- NICAID(14745386) -->
Ruth ou Raquel? A saga da gêmea boa e da gêmea má é inesquecívelFoto: Divulgação / Globo

Ruth e Raquel, ambas vividas por Gloria Pires na segunda versão de Mulheres de Areia (1993), agradaram em cheio ao público, que pediu bis – e levou – em 1996.

O sucesso de Ivani Ribeiro motivou uma segunda reprise, em 2011, com uma alteração curiosa. A nudez de Mônica Carvalho na abertura, que não foi considerada um problema nos anos 1990, precisou ser escondida na reexibição da trama. O Viva exibiu em 2016.

Artilheiro em qualquer horário

Da esquerda para a direita: Mariana Ximenes, Murilo Benício e Priscila Fantin, na novela Chocolate com Pimenta.#PÁGINA: 8# FD Fonte: Divulgação Carta Z Fotógrafo: Luiza Dantas Data Evento: 00/00/2003<!-- NICAID(1483187) -->
Chocolate com Pimenta: deliciosa combinação de comédia e romance que conquistou o públicoFoto: Ver Descrição / Ver Descrição

O autor Walcyr Carrasco, além de ser conhecido por já ter escrito novelas para todos os horários, também se destaca por ser um dos que mais emplacam folhetins no Vale a Pena Ver de Novo. 

Entre os maiores sucessos, estão as comédias românticas Chocolate com Pimenta (2003), com reprises em 2006 e 2012 na TV aberta e em 2020 no Viva, e O Cravo e a Rosa (2000), reexibida em 2003 e 2013 na Globo e em 2019 no Viva.

O Cravo e a Rosa volta ao ar a partir de 05/08/2013 , em vale a pena a ver de novo. Petruchio , Eduardo Moscovis , catarina , Adriana Esteves.<!-- NICAID(9638455) -->
Como não amar Petruchio (Eduardo Moscovis) e Catarina (Adriana Esteves)?Foto: Zé Paulo Cardeal / TV Globo/Divulgação

Com muito humor e romances açucarados, são histórias exibidas quase sem cortes durante as tardes, quando a classificação etária acaba barrando muitas cenas de alguns folhetins.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros