"The Masked Singer Brasil": Sandra de Sá é a sexta eliminada do reality show - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Sem  surpresas22/09/2021 | 07h43Atualizada em 22/09/2021 | 07h43

"The Masked Singer Brasil": Sandra de Sá é a sexta eliminada do reality show

Jurados já haviam chegado a consenso de que era a cantora quem estava por trás da fantasia de Girassol

"The Masked Singer Brasil": Sandra de Sá é a sexta eliminada do reality show TV Globo / Divulgação/Divulgação
Participante agradeceu pela oportunidade e ressaltou importância da diversão neste momento Foto: TV Globo / Divulgação / Divulgação
Paula Chidiac

Mais um competidor teve de revelar sua verdadeira identidade no The Masked Singer Brasil nesta terça-feira (21). E, desta vez, não foi surpresa para ninguém: por trás da fantasia de Girassol, estava a cantora Sandra de Sá. A artista já havia sido apontada por unanimidade entre os jurados. 

— A emoção é muita porque participar de um programa desse com tanta gente incrível... e o melhor de tudo é que é diversão mesmo. O grande lance acho que é esse (...) as pessoas nesse momento estão precisando disso — afirmou, em lágrimas.

A cantora também foi questionada pelo motivo no qual, na noite anterior, chorou após apresentar Eu Quero É Botar Meu Bloco Na Rua. Em resposta, recordou a época da ditadura militar no Brasil.

Leia mais
Alexandre Borges revela inspiração para interpretar a Onça-Pintada do "The Masked Singer Brasil"
"The Masked Singer Brasil": hit de Beyoncé em versão pagode e choro de participante repercutem nas redes sociais

— Essa música é de uma época dos festivais e era uma época muito dura, não era tudo que a gente podia falar, não era tudo que a gente podia conversar. Eu tô falando de ditadura. Eu era uma adolescente que eu vi e senti isso tudo. Quando eu vi o Sérgio Sampaio com um violão antando essa música, eu falei: pode crer. Trago para esse momento agora. Há quem diga que eu não sei de nada. Mas e aí? Eu quero botar meu bloco na rua — explicou.

Ela também revelou ter claustrofobia e se, por vezes, parecia que estava com falta de ar, na verdade era devido a isso. Ainda assim, tentava disfarçar. Questionada por Edu Sterblitch sobre como reagia às pessoas na rua perguntando se ela era a Girassol, respondeu:

— Ih, tá maluco?! Já disseram que eu sou Coqueiro, que eu sou Astronauta, eu não sou nada. Falei até assim: cara, eu já ganhei o programa. A partir do momento em que o Brasil inteiro (me reconhece), eu me sinto altamente lisonjeada.

Ao se encaminhar para a reta final, o programa vem ficando cada vez mais disputado. Sem grupos desde a semana passada, seis competidores duelaram entre si — o Monstro, escolhido a melhor apresentação da noite anterior, não precisou competir hoje. Os perdedores do combate ganharam uma segunda chance para garantir sua permanência no programa, e foi aí que Girassol não foi escolhida. 

A dinâmica das dicas também foi alterada. Antes, todos os participantes deveriam dar pistas sobre sua verdadeira identidade, tanto em vídeo, quanto após sua apresentação no palco. Agora, além do material passado na TV, o competidor precisou formular três sentenças, das quais duas eram mentira. 

Para ajudar a desvendar o mistério da identidade dos competidores, Fernanda Gentil foi a convidada especial da noite, e uniu-se aos jurados permanentes Taís Araujo, Simone (da dupla com Simaria), Rodrigo Lombardi e Eduardo Sterblitch. Vale lembrar que ninguém no programa — nem mesmo a apresentadora Ivete Sangalo ou Camilla de Lucas, que fica nos bastidores, — sabem quem são os competidores.

Jacaré vs Arara

O ritmo do Funk embalou a primeira apresentação da noite: Jacaré apostou em Vou Desafiar Você, de MC Sapão, e recebeu elogio do corpo de jurados. Entre as seguintes frases, havia somente uma verdadeira: ama vestidos; já se apresentou com uma orquestra sinfônica; coleciona miniaturas.

— Eu como feito um passarinho, de pouquinho, em pouquinho. Tenho um paladar de jacaré criança. Deve ser para combinar com esse meu jeitinho de moleque. Como carne, churrasco é comigo mesmo. Mas a comida que não fico sem é canja de galinha, sempre peço uma quando chego no hotel — deixou como pista verdadeira de sua identidade.

Os palpites iniciais dos jurados foram Fafy Siqueira (Rodrigo Lombardi), Vera Fischer (Simone), Elba Ramalho (Eduardo Sterblitch), Luiz Caldas (Taís Araujo) e Mart'nália (Fernanda Gentil). Contudo, após a última dica, tanto Rodrigo quanto Edu concordaram com Fernanda.

Também em um espetáculo extensivamente elogiado pelos jurados, Arara interpretou Medo Bobo, de Maiara e Maraísa. Nas frases as quais duas eram mentiras e uma verdade, afirmou ser muito boa em cambalhota, amar cobras e ler revista de trás para frente.

— Tô ficando muito famosa. Um moça pediu para tirar uma foto com ela. Isso nunca tinha me acontecido antes do The Masked Singer Brasil — afirmou ela para ajudar os jurados a descobrir sua identidade.

Os palpites do júri foram: Cris Vianna (Rodrigo Lombardi), Camila Pitanga (Fernanda Gentil), Viviane Araujo (Eduardo Sterblitch), Nany People (Taís Araujo) e Quitéria Chagas (Simone).

Em uma disputa acirrada, Jacaré acabou vencendo o combate com 51% dos votos do público. A Arara, por sua vez, recebeu 49%.

Unicórnio vs Girassol

A noite também teve música de Glória Groove no palco. Unicórnio chegou cantando A Tua Voz, arrancando aplausos emocionados dos jurados, especialmente de Taís Araújo. Disse que já morou fora do país, que já foi modelo e que adora dirigir — deixou para os jurados decidirem qual dessas afirmações é verdadeira.

— Batata-frita e baião de dois não faltam na dieta de um Unicórnio. Mas, em minha defesa, o esporte faz parte da minha vida. E aí vai mais uma dica: eu já competi no vôlei! Não tem a fadinha do skate? Também tem a unicórnio do vôlei — revelou para o júri.

Aline Wirley (Taís Araujo), Priscilla Alcantara (Rodrigo Lombardi), Any Gabrielly (Eduardo Sterblitch), Mariana Nolasco (Fernanda Gentil) e Isadora Pompeu (Simone) foram os nomes citados pelos jurados como a possível identidade da competidora.

Depois, Girassol reviveu o hit Glamurosa, de Mc Marcinho. E desta vez, Ivete sequer abriu espaço para os jurados palpitares — afinal, todos concordam que a participante é a Sandra de Sá. Mesmo assim, ela precisou falar duas mentiras e uma verdade, sendo elas: odeia passar roupa, odeia programas de TV que falem de história e ama ficar em casa.

— Girassol é óleo, semente, cultura. Adoro arte. O colorido está muito presente na minha vida e nos cabelos também. Sou conhecida como alguém da realeza — afirmou a participante para os jurados.

Invicta até agora na competição, Unicórnio foi eleita a vencedora da disputa por 59% dos votos do público. Girassol, por sua vez, recebeu 41%.

Astronauta vs Gata Espelhada

No último ciclo de disputas da noite, Astronauta chegou para enfrentar a Gata Espelhada. No palco, cantou Certas Coisas, de Lulu Santos. Deixou para os jurados adivinharem qual das três afirmações era verdade: quase foi policial, quase foi jogador de vôlei e quase foi pintor.

— Tem gente que não sabe como sou habilidoso em tudo que eu faço e acha que eu posso acabar pagando mico. No meu planeta, mico é vida. E faz tempo que a nave da minha fama decolou. Tudo começou exatamente 100 anos depois da fundação do meu time do coração — afirmou ele.

Os palpites dos jurados foram: Luis Lobianco (Taís Araujo), Fabiano Menotti (Simone), Ary Fontoura (Fernanda Gentil), César Mello (Rodrigo Lombardi) e Sérgio Guizé (Eduardo Sterblitch).

Assim como na noite passada, Gata Espelhada cantou Beyoncé, com Irrepleceable. Entre as duas mentiras e uma verdade, disse que era leonina, que fez ginástica olímpica quando era criança e que é filha única.

— Eu e meu romrom estamos sempre passeando pela cidade. Samba, churrasco e assistir aos jogos de futebol com o meu gato, estão entre os meus programas favoritos. Queremos viajar o mundo juntos — deixou como dica para o júri.

Fernanda sequer soube elaborar um nome para palpitar, e brincou que era a própria Beyoncé no palco. Negra Li (Taís Araujo), Kelly Key (Simone), Pocah (Eduardo Sterblitch) e Manu Gavassi (Rodrigo Lombardi) foram os outros pitacos.

A Gata Espelhada venceu o combate, com 62% dos votos do público. O Astronauta, por sua vez, recebeu 38%.

Combate final

Entre Arara, Girassol e Astronauta, o júri decidiu salvar o último da repescagem. Conforme Taís explicou, os jurados queriam um duelo entre pessoas cujas energias fossem parecidas. Sendo assim, Girassol cantou As Rosas Não Falam, de Cartola, enquanto Arara interpretou É, de Gonzaguinha.

Ainda não é assinante? Assine GaúchaZH e tenha acesso ilimitado ao site, aplicativos e jornal digital. Conteúdo de qualidade na palma da sua mão.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros