Tiago Leifert explica decisão de deixar a Globo: "Minha missão aqui está cumprida" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

No "Mais Voce"10/09/2021 | 11h20Atualizada em 10/09/2021 | 11h20

Tiago Leifert explica decisão de deixar a Globo: "Minha missão aqui está cumprida"

Apresentador anunciou seu desligamento da emissora na noite de quinta

Tiago Leifert explica decisão de deixar a Globo: "Minha missão aqui está cumprida" Reprodução / Gshow/Gshow
Tiago Leifert conversou com Ana Maria Braga no "Mais Você" Foto: Reprodução / Gshow / Gshow
GZH
GZH

Após anunciar sua saída da TV Globo na noite de quinta-feira (9), Tiago Leifert conversou com Ana Maria Braga no Mais Você desta sexta (10). O apresentador, que permanece na emissora até o fim da próxima temporada do The Voice Brasil, em dezembro, explicou os motivos que o levaram a tomar a decisão. 

—  Se for pegar a primeira vez que tive uma sensação dessa (desejo de sair), faz muito tempo. Pelo menos quatro ou cinco anos. Mas tive só a sensação, soterrei e disse: "Quieta, agora não" — afirmou, recordando que, em razão de o pai trabalhar na área de negócios da Globo, a emissora foi sua "segunda casa" desde a infância. 

—  Eu nasci e cresci aqui dentro mesmo, isso é literal. Quando fui contratado pela Sport TV, os motoristas que levavam a gente nos jogos já haviam me levado na escola —  lembrou. —  Isso aqui vai muito além de um emprego. Eu conheci minha esposa aqui, minha irmã conheceu o marido dela aqui também. É como sair de casa. 

Questionado por Ana Maria sobre o momento exato em que decidiu encerrar sua trajetória na emissora, Tiago citou o Big Brother Brasil 2020, sucesso de audiência e consagrado como o primeiro a mesclar um elenco de anônimos e famosos. 

— Teve um dia no ano passado, no BBB 20,  que foi talvez minha grande epifania. Pandemia, minha esposa grávida... Eu cheguei em casa umas 4h da manhã, e ela falou: "O programa foi demais!". Tinha batido recorde de votação. Ela perguntou se eu estava feliz. Disse que não estava, porque não fiz mais do que minha obrigação. Pode ter sido esse dia. Ela perguntou se eu não ia comemorar, eu disse que só em maio, quando terminasse. Mas não comemorei em maio, estava preocupado com o outro (BBB). (...) Quando é que eu vou declarar vitória? Quando é que que vou olhar pra minha missão e dizer ganhei? — recordou.

Apesar das inquietações, o apresentador revelou ter embarcado na missão de fazer um Big Brother Brasil 21 ainda maior do que o anterior. Após comandar duas edições históricas do reality, ele começou a amadurecer a ideia de que "sua missão estava cumprida".

— Eu olhei pra trás e pensei: "Cara, eu preciso falar 'ganhei'". E é agora, tem que ser agora. Eu preciso declarar vitória e falar: "Tiago, deu certo" — disse, contando que neste ano venceria seu contrato com a emissora, o qual optou por não renovar. — Era essa escolha que eu tinha que fazer. Sair ou ficar mais quatro anos.

Conforme o Tiago, sua decisão de encerrar a trajetória na Globo já estava tomada quando ele foi chamado a substituir Fausto Silva no Domingãoprimeiro, para um único programa, por conta de um problema de saúde do titular; depois, no comando da Super Dança dos Famosos, com a saída oficial de Faustão da emissora. Ana Maria, que participou da final da disputa como jurada, disse ter percebido que a emoção do apresentador naquele dia era uma despedida. 

— Eu vi que você sentiu. Eu até te olhei e desviei o olhar — respondeu ele.

O apresentador vai deixar a emissora após 15 anos de casa. Na Globo, ele apresentou programas como o Globo Esporte, Zero 1, The Voice Brasil, Big Brother Brasil e Domingão. Entre os planos futuros, segundo ele, por enquanto estão viajar, estudar e curtir o crescimento da filha.

— Decidi que ia sair da Globo porque minha missão aqui está cumprida (...) Mas acho que vou precisar me entender ainda. E não sei como é a minha vida sem a TV Globo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros