Veja como cuidar das axilas e manter a região mais saudável - Entretenimento

Versão mobile

 
 

92 Mais Mulher09/09/2021 | 09h02Atualizada em 09/09/2021 | 09h02

Veja como cuidar das axilas e manter a região mais saudável

É possível manter a área hidratada, sem manchas e diminuir a transpiração

Veja como cuidar das axilas e manter a região mais saudável Adriana Franciosi / Agencia RBS/Agencia RBS
É possível deixar a pele livre de manchas, suor excessivo e odor Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS / Agencia RBS

Normalmente, quem tem manchas escuras nas axilas demonstra desconforto com a aparência desta região. Embora pareça difícil, é possível manter a pele da área bem hidratada, suave e sem manchas, odor e suor excessivo. 

Pensando nisso, conversei com a dermatologista Maíra Severo, que dá dicas para garantir axilas saudáveis. Confira!

Desodorante ou antitranspirante?

Já parou para pensar sobre a diferença entre desodorante e antitranspirante? 

Eu nunca tinha me dado conta disso na hora de escolher um produto na prateleira da farmácia ou do supermercado.

– O desodorante controla o odor. O antitranspirante, a transpiração – diz a médica.

Entenda

Para não errar, é importante entender alguns pontos.

– O odor, conhecido como bromidrose, é desencadeado pela proliferação de bactérias, algo muito comum nas axilas, pois são regiões quentes e úmidas. Quem tem bromidrose precisa usar desodorante, que vai controlar a proliferação bacteriana – explica Maíra, que completa:

– Já a sudorese excessiva depende da característica de cada um, da produção de suor das glândulas sudoríparas. Há pessoas que suam muito e não têm odor algum. Assim, podem optar somente pelo antitranspirante ou, até mesmo, fazer a aplicação de toxina botulínica, o famoso botox, para amenizar a sudorese.

Sobre a variedade de produtos disponíveis no mercado, a especialista ainda salienta:

– Todos são eficazes, roll-on, aerossol ou creme.

axila, depilação, braços, beleza, pele<!-- NICAID(11416817) -->
Manter a região hidratada é fundamentalFoto: Reprodução / Reprodução

Hidratação faz a diferença

Ter a hidratação da área em dia também faz grande diferença para que as axilas fiquem menos escurecidas.

É importante fazer a higiene adequada com uso de sabonetes suaves, além de secar bem para evitar o acúmulo de fungos na região. 

Além do desodorante com princípios hidratantes, não esqueça de aplicar creme nas axilas assim como no resto do corpo.

Higiene é fundamental

Manter a região axilar sempre limpa é muito importante.

– Às vezes, é recomendável lavar mais de uma vez por dia, por se tratar de um local com um acúmulo maior de bactérias – afirma Maíra.

Aplique sabonete em uma esponja e espalhe no local, com cuidado para não agredir a pele. O ato remove impurezas, evita a proliferação de bactérias e tira o excesso de desodorante. Após a limpeza, use uma tolha limpa para secar bem a região. Deixar as axilas úmidas contribui para o surgimento de fungos e bactérias que causam odores.

Procure usar roupas leves e evite tecidos sintéticos, porque isso também aumenta o odor.

Pigmentação

Quanto ao escurecimento das axilas, Maíra explica que a depilação com cera quente ou lâmina provoca a hiperpigmentação no local.

– Sempre que fizer depilação, tente colocar cremes calmantes no local ou fazer compressa com chá de camomila gelado. Evite exposição solar no dia do procedimento. Se houver, será necessário aplicar um filtro de proteção, o que pode ser mais complicado para conciliar com o desodorante ou antitranspirante – pontua a especialista, que também recomenda a depilação a laser:

– Normalmente, costuma ser extremamente eficaz na axila.

Para prevenir as manchas, o ideal é evitar o uso de desodorantes ou antitranspirantes que contenham álcool e alumínio em suas fórmulas. Essas substâncias podem agravar as condições de uma região já irritada. Já para o tratamento das manchas nas axilas, é preciso consultar um dermatologista.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros