10 motivos para rever "O Clone", de volta no "Vale a Pena Ver de Novo" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Insha'Allah04/10/2021 | 09h12Atualizada em 04/10/2021 | 09h12

10 motivos para rever "O Clone", de volta no "Vale a Pena Ver de Novo"

Trama de Gloria Perez completa 20 anos com mais uma reprise no ar

10 motivos para rever "O Clone", de volta no "Vale a Pena Ver de Novo" Ver Descrição / Ver Descrição/Ver Descrição
Romance de Jade e Lucas conquistou o público Foto: Ver Descrição / Ver Descrição / Ver Descrição

Novela boa sempre vale a pena rever: não é à toa que a trama de O Clone (2001) será exibida mais uma vez, a partir de hoje, no Vale a Pena Ver de Novo (RBS TV, 16h45min). Vinte anos depois da primeira exibição, a história de Gloria Perez ainda movimenta os noveleiros, que estão ansiosos para matar a saudade de personagens que marcaram época. 

Se você ainda não se convenceu a parar diante da telinha para assistir novamente a esse sucesso, o DG destaca 10 motivos para viajar direto para o Marrocos, na África, e balançar os véus logo mais. Confira!

1 - Somente por amor...

Quem não gosta de um bom romance? A paixão de Jade (Giovanna Antonelli) e Lucas (Murilo Benício) encantou os telespectadores. Valeu a pena sofrer a cada desencontro do casal, sentir o coração disparar com as cenas de amor e torcer pelo final feliz. A química entre os atores ultrapassou a ficção e, na época, Giovanna e Murilo se apaixonaram na vida real e tiveram um filho, Pietro, 16 anos. O casamento chegou ao fim em 2005.

2 - Não é brinquedo, não!

27.11.2001 - Foto de Carlos Ivan - AgÍncia O Globo - GravaÁão da novela O Clone,  Solange Couto Fonte: AG Fotógrafo: Carlos Ivan<!-- NICAID(2724757) -->
Dona Jura era um show à parteFoto: Ver Descrição / Ver Descrição

É impossível falar sobre O Clone e não se lembrar de dona Jura (Solange Couto). O bar da personagem virou ponto de encontro para muitos artistas e personalidades, como Ronaldinho Gaúcho, Ney Matogrosso e Zeca Pagodinho.

O núcleo fez tanto sucesso que ganhou uma trilha sonora à parte: O Melhor do Bar da Dona Jura, álbum em que até Pelé canta um samba.

3 - Importância social

Débora Falabella (Mel) em O Clone<!-- NICAID(6463692) -->
Cenas impactantes de Mel serviram de alertaFoto: TV Globo / TV Globo/Divulgação

Já é tradicional nas tramas de Gloria Perez a abordagem de temas espinhosos. No caso de O Clone, falar sobre o vício em drogas – centrado nas cenas fortes de Mel (Débora Falabella) – ajudou a alertar famílias para o efeito da dependência química na vida das pessoas.

Outro drama impactante foi o de Lobato (Osmar Prado), cujas sequências em um grupo de apoio eram intercaladas por depoimentos de ex-dependentes químicos reais.

4 - Uma autora à frente de seu tempo 

05.04.2002 - DivulgaÁão / João Miguel J?nior - LeÙnidas e Lucas se encontram em o clone Fonte: Divulgação Fotógrafo: João Miguel Júnior<!-- NICAID(847991) -->
Léo era o clone de LucasFoto: Ver Descrição / Ver Descrição

A ovelha Dolly, primeiro mamífero clonado, foi  apresentada ao mundo em 1996. Enquanto as pesquisas nessa área pareciam coisa de filme de ficção científica, Gloria Perez foi além e mostrou a clonagem humana em sua novela. Na história, Diogo, gêmeo de Lucas, morre tragicamente, e Albieri (Juca de Oliveira) decide criar uma cópia do rapaz: Léo. 

Até hoje, com muitos dilemas éticos, religiosos e científicos envolvidos, clonagem humana continua sendo apenas coisa de novela.

5 - Choque cultural 

29.01.2002 - Foto de Carlos Ivan - AgÍncia O Globo - Atriz Eliane Giardini, a Nazira da novela O Clone. Fonte: AG Fotógrafo: Carlos Ivan<!-- NICAID(837054) -->
Nazira defendia os valores muçulmanosFoto: Ver Descrição / Ver Descrição

 A família de Jade vivia no Marrocos, onde boa parte da história se desenrolou. A mistura do Brasil com a cultura islâmica foi certeira, invadindo as ruas sob a forma de roupas, acessórios e até expressões, incorporadas ao nosso vocabulário. No divertido núcleo muçulmano, figuras como tio Ali (Stênio Garcia), Zoraide (Jandira Martini) e Nazira (Eliane Giardini) conquistaram o público. Os conflitos da família ao chegar em terras brasileiras foram um misto de drama e comédia, rendendo cenas icônicas.

6 - Para matar a saudade

guilherme karan e mara manzan, atores, falecidos, O Clone<!-- NICAID(14905301) -->
Guilherme Karan e Mara Manzan não estão mais entre nós, mas seguem vivos na novelaFoto: TV Globo / Divulgação

Além de Mara Manzan (1952 – 2009), a Odete, outros nomes inesquecíveis, que não estão mais entre nós, fizeram parte do elenco. Prepare-se para matar a saudade de Guilherme Karan (1957 – 2016), o Raposão, Ruth de Souza (1921 – 2019), a Mocinha, Mário Lago (1911 – 2002), o doutor Molina, Beatriz Segall (1926 – 2018), a Miss Brown, Sebastião Vasconcellos (1927 – 2013), o tio Abdul, e Perry Salles (1939 – 2009), o Mustafá. 

7 - Coisa de cinema

A fotografia, sob o comando do diretor Jayme Monjardim, foi um espetáculo à parte. Destaque para as cenas gravadas no Marrocos, com cenários ideais para o romance arrebatador de Jade e Lucas.

8 - Os bordões

Carla Diaz , atriz, O Clone<!-- NICAID(14707529) -->
Khadija sonhava em casar e ganhar "muito ouro"Foto: TV Globo / Divulgação

Muitas expressões caíram na boca do povo. As estrangeiras "insha’Allah" (em português, "se Alá quiser") – repetida exaustivamente por Khadija (Carla Diaz) – e "maktub" (em português, “está escrito”) são as mais famosas.

Das ameaças de tio Ali sobre "queimar no mármore do inferno" ao bordão "cada mergulho é um flash", de Odete, há um leque de termos que não saem das nossas cabeças até hoje. 

9 - Primeiros passos

04.04.2002 - RICARDO GOMES - EXTRA - NX - EXCLU - JULIANA PAES Fonte: Extra Fotógrafo: Ricardo Gomes<!-- NICAID(867999) -->
Ju brilhou na pele de KarlaFoto: Ver Descrição / Ver Descrição

Depois de brilharem em Laços de Família (2000), duas atrizes  (atualmente, muito conhecidas)  ganharam um bom destaque em O Clone. Giovanna Antonelli, em sua primeira protagonista, encantou com o drama de Jade. 

Juliana Paes, por sua vez, pendeu para a comédia com a divertida Karla, aquela que brilhava nas praias cariocas em busca de um flash dos paparazzi.

10 - Solta o som

Os belos acordes de A Miragem, de Marcus Viana, embalaram o romance do casal protagonista. Mas a trilha sonora tinha outras pérolas, de Caetano Veloso a Zeca Pagodinho. A mistura de ritmos combinava com o caldeirão cultural da história.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros