Como enfrentar os traumas de uma violência sexual - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo18/10/2021 | 15h44Atualizada em 20/10/2021 | 13h53

Como enfrentar os traumas de uma violência sexual

Os pensamentos negativos que surgem após o trauma podem ser amenizados por meio de técnicas de meditação

Como enfrentar os traumas de uma violência sexual Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Há alguns meses, saí com uma cara e sofri violência sexual. Ele me forçou a transar com ele. Agora, estou traumatizada e já não sei mais o que é ter uma vida sexual saudável. Como faço para melhorar a minha situação?

O sexo só deve ser feito de maneira consensual. Sexualidade saudável não significa sentir tesão constantemente, mas, sim, ter a capacidade de se excitar e chegar ao orgasmo quando quiser. 

A violência sexual causa muito sofrimento para a vítima. Os pensamentos negativos que surgem após o trauma podem ser amenizados por meio de técnicas de meditação, que consistem em focar no que está acontecendo no presente e estar ciente de quaisquer sensações ou sentimentos que você possui, sem julgá-los ou negá-los.

Leia outras colunas

Concentração

Se decidir dar uma chance à atenção plena, tente se concentrar na respiração enquanto ela entra e sai de seu corpo. Isso pode ser especialmente útil para mantê-la em sintonia com o presente. Quando entrar em contato com as sensações da situação traumática, a meditação vai ajudá-la a relaxar. 

Após uma agressão sexual, pode ser tentador recorrer ao consumo de drogas ou álcool para entorpecer sua reação aos gatilhos ou às memórias angustiantes da experiência. Porém, saiba que isso só vai piorar a situação. 

A melhor solução é procurar a ajuda de um psicoterapeuta. Existem maneiras de tratar muitos dos sintomas do trauma sem compartilhar detalhes de um dos piores momentos de sua vida: novos tratamentos podem aliviar o sofrimento de forma eficiente sem, necessariamente, exigirem que você fale sobre a agressão sofrida.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros