Saiba como lidar com o período refratário - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo19/10/2021 | 15h25Atualizada em 20/10/2021 | 13h52

Saiba como lidar com o período refratário

Entre uma ereção e outra, pode ser difícil responder a estímulos sexuais

Saiba como lidar com o período refratário Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Muitos homens se preocupam em associar o desempenho sexual ao seu período refratário (intervalo entre uma ereção e outra) e buscam diminui-lo ao máximo.

Durante esse tempo, a maioria não responde mais a estímulos sexuais, no qual não é possível ejacular novamente ou atingir o orgasmo, ou seja, logo depois de ejacular, o homem perde a ereção e precisa de um instante de recuperação para voltar à atividade.

A duração do período refratário é diferente para cada um. Não há certeza alguma sobre por que a duração dos intervalos varia tanto entre eles, porém é consenso que o tempo necessário não está relacionado à função erétil ou aos níveis de testosterona. 

Leia outras colunas

Fatores envolvidos

No seu caso, leitor, alguns fatores podem causar esse intervalo maior. Se demora para ejacular ou tem vários orgasmos na primeira relação, fatos que geram muita satisfação, o seu corpo se sente saciado e não encontra razões para outra transa. Ou seja, a segunda ereção pode ser uma cobrança cultural.

Além disso, algumas outras questões podem influenciar para que isso esteja acontecendo, como a falta de intimidade com a parceira, estresse ou efeitos colaterais de medicações.

É melhor fazer uma avaliação com um médico urologista e, depois, uma terapia sexual.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros