Ana Hickmann processa hotel de Belo Horizonte por atentado sofrido em 2016 - Entretenimento

Versão mobile

 
 

5 ANOS DEPOIS25/11/2021 | 09h02Atualizada em 25/11/2021 | 09h02

Ana Hickmann processa hotel de Belo Horizonte por atentado sofrido em 2016

Em entrevista, a apresentadora relembrou o episódio e informou ter levado o caso para a Justiça

Ana Hickmann processa hotel de Belo Horizonte por atentado sofrido em 2016 Reprodução / Instagram/Instagram
Foto: Reprodução / Instagram / Instagram
GZH
GZH

Ana Hickmann está processando o Hotel Caesar Business, em Belo Horizonte, Minas Gerais, onde sofreu um atentado em 2016. A apresentadora de TV afirmou em entrevista ao Link Podcast, que o estabelecimento foi negligente sobre a invasão ao quarto em que estava hospedada. As informações são do g1.  Na época, a modelo estava acompanhada da assessora e cunhada, Giovanna Oliveira, e do marido da assessora, Gustavo Côrrea.   

No ataque, Rodrigo Pádua, um suposto fã de Ana Hickmann, entrou armado no quarto e efetuou dois disparos que atingiram Giovanna. Em seguida, Côrrea, marido da assessora, entrou em uma luta corporal com o invasor. No confronto, Rodrigo foi morto com três tiros.

A Polícia Civil de Minas Gerais pediu o arquivamento do processo, pelo reconhecimento de legítima defesa. No entanto, o Ministério Público mineiro denunciou Gustavo Côrrea por homicídio, considerando que Rodrigo Pádua foi morto com tiros na nuca, de forma "exacerbada".

Na entrevista do podcast da Rede Record, a apresentadora conversou com Celso Zucatelli sobre a negligência por parte do hotel em relato sobre o acontecimento de cinco anos atrás:

— Gustavo foi colocado como réu no processo e isso foi muito difícil. Todos nós estávamos lá sendo acusados e não era justo. Ainda bem que vencemos, provamos que foi para nos defendermos. Existem três processos que correm contra o hotel, que foi negligente em muitas coisas. Não posso dar detalhes por estar em segredo de Justiça, mas foram coisas horríveis que poderiam ter sido evitadas antes, durante e depois do atentado — contou Ana Hickmann.

 À época, o Caesar Business publicou nota lamentando que o ataque tivesse ocorrido nas dependências do hotel. O processo corre em segredo de Justiça. Ao g1, o advogado da apresentadora confirmou o andamento do processo, mas não informou maiores detalhes.  





 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros