Chico César é alvo de comentários racistas em programa de rádio na Paraíba - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Repercutiu mal18/11/2021 | 09h39Atualizada em 18/11/2021 | 09h39

Chico César é alvo de comentários racistas em programa de rádio na Paraíba

Com repercussão negativa do caso, apresentador divulgou um vídeo pedindo desculpas ao músico

Chico César é alvo de comentários racistas em programa de rádio na Paraíba JOSÉ PATRÍCIO / ESTADÃO CONTEÚDO/ESTADÃO CONTEÚDO
Chico César foi chamado, em tom pejorativo, de "neguinho" e "praga" pelo autor dos comentários Foto: JOSÉ PATRÍCIO / ESTADÃO CONTEÚDO / ESTADÃO CONTEÚDO
GZH
GZH

O cantor paraibano Chico César foi alvo de comentários racistas em um programa de rádio produzido na cidade do Conde, na Paraíba. O fato ocorreu na última segunda-feira (15), durante uma transmissão ao vivo na internet. Na ocasião, o apresentador do programa Fala Conde citou o músico em tom pejorativo, com termos como "neguinho" e "praga". As informações são do portal G1.

Byra de Jacumã conversava sobre o Carnaval quando mencionou Chico César como "aquele neguinho que tocava violão nu" e que teria mudado o foco da festividade. 

— Acabaram com nosso Carnaval, que era o que a gente tinha como cartão postal. Porque fizeram um Carnaval pra eles. Era aquele neguinho tocando violão nu, como é o nome daquele neguinho lá de Catolé do Rocha? Sei nem o nome daquela praga, como é o nome dele? Deixa pra lá, ninguém se lembra mesmo — disse Byra.

Com a repercussão negativa nas redes sociais, o apresentador publicou um vídeo pedindo desculpas ao músico. Byra afirmou que se expressou mal e errado e que ele, como homem negro, também é vítima de racismo e não poderia ter agido desta forma. 

"Chico, não gostar das suas músicas não me dá o direito de agir assim contra você. Por isso peço desculpas pela insanidade que dias atrás fiz contigo, até porque já sinto isso na pele desde que nasci", escreveu na legenda da postagem.

Por meio de nota, a prefeitura de Conde disse que não tem vínculo com o programa de rádio e que repudia qualquer tipo de discriminação. Segundo o G1, uma denúncia foi aberta junto ao Ministério Público Federal, mas os detalhes dos trâmites estão sob sigilo para proteger o denunciante.

Ao portal, a assessoria de Chico César informou que o artista prefere não se manifestar já que as imagens falam por si só. Ele agradeceu o carinho e a preocupação do público.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros