Com reprise de "O Cravo e a Rosa", Globo estreia novo horário dedicado a novelas - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Novidade24/11/2021 | 13h28Atualizada em 24/11/2021 | 13h28

Com reprise de "O Cravo e a Rosa", Globo estreia novo horário dedicado a novelas

Emissora reexibirá clássicos das seis e das sete após o "Jornal Hoje"

Com reprise de "O Cravo e a Rosa", Globo estreia novo horário dedicado a novelas Zé Paulo Cardeal / TV Globo/Divulgação/TV Globo/Divulgação
Petruchio (Eduardo Moscovis) e Catarina (Adriana Esteves), casal protagonista de "O Cravo e a Rosa" Foto: Zé Paulo Cardeal / TV Globo/Divulgação / TV Globo/Divulgação
GZH
GZH

As tardes da Globo passarão a ter mais uma faixa horária dedicada à reexibição de novelas: de segunda a sexta-feira, logo depois do Jornal Hoje, tramas exibidas originalmente nas faixas das 18h e 19h voltarão ao ar. A novidade foi anunciada nesta quarta-feira (24), em comunicado oficial.

A primeira reprise será de O Cravo e a Rosa, a partir de 6 de dezembro. O Vale a Pena Ver de Novo segue na grade, mantendo seu tradicional horário após a Sessão da Tarde, mas passará a privilegiar a reexibição de títulos exibidos na faixa das 21h - atualmente, O Clone está no ar.

Lançada originalmente em 2000, O Cravo e a Rosa é assinada por Walcyr Carrasco (de A Dona do Pedaço) e fez muito sucesso em sua exibição original. Ambientada na São Paulo dos anos 1920, a comédia romântica narra o romance entre o rude caipira Julião Petruchio (Eduardo Moscovis) e a geniosa Catarina Batista (Adriana Esteves), mulher rica e moderna, com ideais feministas. 

Filha do banqueiro Nicanor Batista (Luís Melo), Catarina é conhecida como "fera" por botar todos os seus pretendentes para correr e esbarra na teimosia cínica de Petruchio que, inicialmente, decide conquistá-la para salvar sua fazenda de ser leiloada com o dote do casamento. 

Outros personagens também conquistaram a audiência, como o triângulo amoroso entre a irmã de Catarina, Bianca (Leandra Leal), o professor Edmundo (Ângelo Antônio) e o interesseiro Heitor (Rodrigo Faro). A relação do submisso Cornélio (Ney Latorraca) com a dissimulada e ambiciosa Dinorá (Maria Padilha) também garantiram cenas marcantes.

Até o momento, a Globo não anunciou se outras mudanças serão realizadas na grade de programação para a inclusão da edição especial de novelas das seis e das sete. Procurada pela reportagem de GZH, a Comunicação da emissora não retornou até a publicação deste texto.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros