Confira como foi a segunda noite de Batalhas no "The Voice Brasil" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Reality musical24/11/2021 | 08h45Atualizada em 24/11/2021 | 08h46

Confira como foi a segunda noite de Batalhas no "The Voice Brasil"

Técnico Michel Teló salvou três vozes na noite desta terça-feira 

Confira como foi a segunda noite de Batalhas no "The Voice Brasil" João Cotta / Globo/Globo
Nas Batalhas, jurados precisam colocar dois integrantes de seu time para cantarem juntos no palco Foto: João Cotta / Globo / Globo
Paula Chidiac

A segunda noite das Batalhas do The Voice Brasil foi ao ar nesta terça-feira (23). Em mais uma etapa da fase, o técnico Michel Teló — único que pode apertar o botão "Peguei" nesta temporada — salvou  três vozes, enquanto outras cinco deixaram a competição.

Nas Batalhas, cada jurado, à exceção de Teló, precisa colocar dois integrantes de seu time para cantarem juntos no palco. Após o dueto, ele precisa decidir quem venceu a Batalha e segue em sua equipe na competição. Confira, abaixo, como foi a noite:

 Bruno Fernandez x Edvania Sousa

As apresentações começaram em ritmo de samba. Bruno Fernandez e Edvania Sousa cantaram Desafio, conhecida na voz de Belo, por uma vaga no time de Claudia Leitte. Os dois foram elogiados por Carlinhos Brown:

— Que coisa linda é esse encontro desses dois. É muito dificil para o técnico, mas é prazeroso para nós.

Claudia Leitte também não poupou comentários:

— O Bruno parece que tem um timbre que vai furar as caixas. Aí essa mulher com um grave lindo, florido. É um espetáculo o que a gente vê daqui. A gente se diverte, fica feliz e se emociona com um número assim.

A jurada optou por seguir na competição com Bruno. Edvania agradeceu pela oportunidade de estar no programa e, quando estava prestes a sair, deu de cara com Michel Teló, que revelou ter salvo ela.

— Edvania eu vou falar uma coisa para você. Você é uma cantora sertaneja, né? E você foi muito desafiada a cantar um samba desse cara que é um fenômeno. E você canta demais da conta. Já que nós trabalhamos no sertanejo, "vambora" fazer umas modas?

Alessandra San x Thais Piza 

Já na equipe de Lulu Santos, Alessandra San e Thais Piza subiram ao palco para cantar Prisioner, de Miley Cyrus. Claudia Leitte pediu desculpas ao colega, mas não conseguiu fazer um comentário que o ajudasse a decidir entre as duas:

— Fogo! Eletrizante! Foi incrível, como vocês são incríveis no palco, que domínio da situação, que entrega. Vocês são sensacionais.

Lulu, por sua vez, afirmou que a performance foi avassaladora, e admitiu que quase chegou a querer aumentar o volume da "música" quando ela começou. Contudo, para a proposta, escolheu Thais para seguir na competição. 

Nos bastidores, Michel Teló comentou sobre o fato de não pegar Thais para seu time:

— Eu quero bater esse botão pra todo mundo... Mas eu preciso me comportar! 

Milla Paz x Nêgamanda

Na sequência, Milla Paz e Nêgamanda disputaram por uma vaga no time Brown. Ao som de Mas Que Nada, escrito por Jorge Ben Jor e popularizado na voz de Sérgio Mendes, as duas entregaram o segundo hit de samba da noite no palco.

— Eu acho que o Brown ama problema. Que coisa difícil que vai ser decidir isso, vocês são maravilhosas. Achei interessante a forma como a música foi dividida. Milan sua voz é muito potente, muito forte, sua emissão é muito cheia (...) Eu te acho incrível, acho sua voz forte e suave na medida certa, acho que é muito elegante e inteligente interpretando — afirmou Iza.

Apesar de ter apontado alguns problemas no uso do microfone no início da apresentação, Brown ainda assim optou por seguir com Nêgamanda. Mas Mila também quase não teve oportunidade de se despedir: assim que começou a falar, Teló já apareceu no palco.

— Mila. De todas as vozes que cantaram nas Audições às Cegas a que me fez chorar foi a sua — declarou-se o sertanejo.

Camila Marieta x Rafa

Cartola também esteve no palco do The Voice Brasil nesta terça-feira (23). Camila Marieta e Rafa interpretaram de maneira dramática a canção As Rosas Não Falam, abrindo a segunda rodada de apresentações. A escolha, inclusive, fez Brown elogiar até mesmo Iza, jurada do time:

— Como é bonito você trazer Cartola com essa autenticidade. Porque a música popular brasileira ela é novidade o tempo inteiro e o novo ainda não está nas idades. Ele está nas atitudes de saber recriar, de saber recriar um clássico assim. Parabéns para vocês três.

Antes de fazer sua escolha, Iza elogiou ambas as cantoras. Em relação à Rafa, destacou que ela tem uma das vozes mais ternas que já passou pelo programa. Já em relação à Camila Marieta, disse que não concordou com algumas de suas decisões musicais na música, mas que sua voz era única — no final, decidiu mantê-la no time.

Bia Trindade x Bruno Rodriguez

Depois, Bia Trindade e Bruno Rodriguez duelaram ao som de Tangerina, música conhecida na voz de Duda Beat e Tiago Iorc. Antes de Lulu fazer seus comentários como chefe do time, Iza falou sobre a performance dos dois:

— Bia, a sua voz é tão bonita e você foi tão consistente do início ao fim, sempre com a voz cheia, sabendo muito bem conduzir essa música. Bruno (...) é a primeira vez que estou ouvindo muito sua voz de peito e achei ela muito firme e muito estável.

Já Lulu brincou que Bia poderia cantar uma lista telefônica que ele gostaria de ouvir. Em relação ao Bruno, disse que tem magia dentro de si. Entre os dois, optou por seguir na competição com Bruno.

Giovanna Rangel x Jamily Diwlay

Giovanna Rangel e Jamily Diwlay fizeram a terceira performance do time Iza da noite. As duas cantaram I Can´t Help It, de Michael Jackson, e impressionaram os técnicos.

— Vocês têm vozes privilegiadas. O número foi como dois rios caminhando juntos, sem misturar mas fazendo um todo. Mas não sei como lhe ajudar Iza, talvez pegar um cafezinho — brincou Lulu.

A jurada destacou que Giovanna, desde o início, se mostrou uma profissional no palco. Em relação à Jamile, disse que, quando trouxe ar para seus agudos, a lembrou da cantora Esperanza Spalding. Dando parabéns às duas, decidiu escolher Giovanna para continuar no programa. 

Adriana x Belle Brito

No time Cláudia, Adriana e Belle Brito carregaram a responsabilidade de disputarem ao som Tempos Modernos, de Lulu Santos. Ainda assim, as duas assumiram o desafio e conseguiram agradar ao autor da canção.

— O número foi encantador, vocês são expressões vivas da vontade feminina, da luta. E com essas palavras sendo ditas por vocês, essa espécie quase de uma prece por um futuro melhor, uma forma de jamais perder a esperança... vocês nos devolvem essa esperança. Cláudia, muito obrigada por essa homenagem — disse Lulu.

Cláudia elogiou a classe e o talento de Belle. Contudo, decidiu, levando em conta a apresentação desta noite, seguir com Adriana e sua doçura na voz e na entrega ao cantar.

Gustavo Matias x Marya Bravo

Em uma performance que emocionou os jurados e o apresentador André Marques, Gustavo Matias e  Marya Bravo encerraram a noite cantando The Prayer, de Andrea Bocelli e Céline Dion, pelo time Brown.

— Brown, muito obrigada por esse presente e muito obrigada por essa inacreditável apresentação, por juntar esses talentos e ter essa visão de trazer essa canção — disse Iza.

O jurado destacou o profissionalismo e apresentação dos dois, e se viu diante de uma escolha difícil. Diante de uma "emoção" que o pedia para tomar aquela decisão, anunciou que seguiria com Gustavo na competição. Teló não perdeu tempo, e logo que pode, apertou o botão de "Peguei" para salvar Marya.

— Que coisa mais linda. Eu estava assistindo lá e isso veio direto no coração o que você cantou. Brown, você me deu um presente. Muito obrigado — disse o sertanejo.

Ainda não é assinante? Assine GaúchaZH e tenha acesso ilimitado ao site, aplicativos e jornal digital. Conteúdo de qualidade na palma da sua mão.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros