Excesso de peso pode afetar a fertilidade? - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo30/11/2021 | 12h17Atualizada em 30/11/2021 | 12h17

Excesso de peso pode afetar a fertilidade?

Estar acima ou abaixo do peso pode causar estragos em seus níveis hormonais

Excesso de peso pode afetar a fertilidade? Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Lucia Pesca e Andrea Alves

Estou tentando engravidar, mas está difícil. Eu e meu esposo estamos muito acima do peso, acho que podemos nos considerar obesos. Uma amiga me disse que estar gorda pode prejudicar o processo. Vocês podem me orientar sobre isso?

Em primeiro lugar, é fundamental procurar o seu ginecologista. Ele é o profissional mais indicado para avaliar a situação. Sobre a sua questão: variações consideráveis de peso afetam a fertilidade. Especificamente, estar acima do peso – com o índice de massa corporal (IMC) acima de 25 – , ter obesidade (IMC de 30 ou superior) ou estar abaixo do peso (IMC abaixo de 18,5) são condições que dificultam a capacidade de engravidar.

A faixa de IMC entre 18,5 e 24,9 é a ideal para engravidar. Para que uma mulher engravide, o ovário precisa liberar um óvulo, que será fertilizado pelo esperma do homem. Sem ovulação, a fertilização não pode acontecer. As quantidades certas de hormônios femininos são essenciais para que esses processos ocorram de maneira adequada. 

Leia outras colunas

Níveis hormonais

Estar acima ou abaixo do peso pode causar estragos em seus níveis hormonais, interrompendo a produção de estrogênio e sua capacidade de ovular regularmente. 

Como as células de gordura produzem estrogênio, o excesso de peso ou a obesidade podem interferir na ovulação e levar a ciclos menstruais irregulares. Se você tem problemas ovulatórios e está acima do peso, há uma chance de que esses dois fatores estejam relacionados. 

Uma pesquisa aponta que homens com sobrepeso ou obesos têm maior probabilidade de ter menor volume de sêmen e menor contagem total de espermatozoides do aqueles que estão na faixa normal de peso. Além disso, um estudo publicado em 2020 diz que a obesidade altera a proteína dos espermatozoides, o que pode trazer uma certa "deficiência" ao esperma. Essas condições podem prejudicar as chances de um casal ter filhos.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros