Rede de apoio no funk: Conheça MC LT - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Estrelas da Periferia30/11/2021 | 10h25Atualizada em 30/11/2021 | 10h28

Rede de apoio no funk: Conheça MC LT

Aos 21 anos, músico de Esteio conta com parcerias locais para ganhar destaque no cenário musical gaúcho

Rede de apoio no funk: Conheça MC LT Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
"Sonhei Tão Alto" é um dos hits do cantor Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Natural de Esteio, Lucas Teixeira Lo, 21 anos, sempre sonhou em tentar carreira no mundo da música, principalmente no funk ou no rap. Na adolescência, começou a gravar vídeos e postar na internet, mas não teve apoio da família. 

 — Acabei parando por um tempo, a gente sabe que as famílias de artistas que entram para o funk e para o rap ficam preocupadas, pois o cara vive sempre na noite e tal  —  explica MC LT, nome artístico de Lucas.

No entanto, aos 19 anos, o sonho falou mais alto, e LT voltou a gravar seus vídeos. Aos poucos, reconquistou o apoio da família. 

 — Hoje, eles já abraçam a causa (risos). Moro com minha avó (dona Neuzira), que me apoia  — conta o funkeiro.

Lançamento

Apoiado pelo videomaker Gabriel Job, de Sapucaia do Sul, que dirige seus clipes, LT começa a ganhar destaque no cenário local do gênero. Um de seus lançamentos mais recentes, Sonhei Tão Alto, foi gravado no bairro Bom Jesus, na Capital, e teve a participação de outro destaque artístico do funk local, MC Renanzinho 7.

 — Este lançamento é muito importante, tenho uma filosofia de apoiar os artistas locais do funk. É uma rede de apoio importante, que faz todos crescerem. Eu e Renanzinho escrevemos essa letra juntos, tem um significado todo especial para a gente  — afirma LT, que busca inspiração em nomes como MC IG, um das estrelas do funk nacional atualmente. 

Além dos clipes e shows na Região Metropolitana, o funkeiro investe nas suas mídias sociais. Por isso, ele brinca que, praticamente, não para em casa e dorme no estúdio.

 — Várias vezes, eu durmo no estúdio, trabalhando direto. Tenho alguns projetos encaminhados para 2022, que incluem discos e EPs. Se Deus quiser, 2022 será  ano em que eu vou conseguir viver só de música  — projeta LT. 

Aqui, o espaço é todo seu!

 — Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas, vídeos e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.

 — Para falar com o funkeiro, ligue para 99884-0257.

Pitaco de Quem Entende 

Diego Garcia, produtor artístico, fala sobre o trabalho de LT:

 — O MC faz um funk consciente, de qualidade, com boas batidas e muito equilibrado. Ele tem futuro!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros