"The Voice Brasil": gaúcha perde disputa e é salva por Michel Teló na estreia da fase das Batalhas - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Pegou!19/11/2021 | 10h54Atualizada em 19/11/2021 | 10h55

"The Voice Brasil": gaúcha perde disputa e é salva por Michel Teló na estreia da fase das Batalhas

Nova fase do programa estreou nesta quinta-feira

"The Voice Brasil": gaúcha perde disputa e é salva por Michel Teló na estreia da fase das Batalhas Reprodução / Gshow/Gshow
Dida disputou por vaga no time Iza ao som de "Serrado", do Djavan Foto: Reprodução / Gshow / Gshow
Paula Chidiac

O The Voice Brasil chegou à fase das Batalhas nesta quinta-feira (18), na qual técnicos precisam colocar integrantes de suas equipes para competirem em duplas. E a estreia da nova etapa  teve "Peguei" de  Michel Teló , que salvou a gaúcha Dida Larruscaink, e troca-troca entre times.

Dida disputava por uma vaga no time da Iza, mas seu nervosismo acabou atrapalhando e a jurada escolheu seguir com Luiza Dutra. Em uma rápida reviravolta, quando estava prestes a sair do palco, Teló apertou o botão "Peguei", integrando a participante a seu grupo. 

— Entendi seu nervosismo, hoje eu realmente achei que não foi como você gostaria que fosse. Eu lembro exatamente de você nas Audições Às Cegas e eu sei do seu potencial, você canta demais. E eu gostaria de ter a oportunidade da gente trabalhar junto — afirmou o sertanejo à Dida.

Dida e Luiza foram as últimas a se apresentarem, ao som de Serrado, do Djavan. Ao final da performance, Lulu Santos elogiou ambas as cantoras:

— Eu adorei esse número. Como é bonita a música brasileira. Dida você tem tantas qualidades, você tem tanta gana. Luiza, você é a cantora que a gente precisa, a sua voz não parece com a de ninguém, você não lembra a de ninguém outra. Você é precisa, corajosa, esperta. É deslumbrante, meu anjo. Eu lhe vejo como uma grande estrela.

A escolha provou não ser fácil para Iza, que disse estar com o "coração amassado" de ter que decidir por uma das duas. Reforçou os comentários de Lulu sobre Luiza, e afirmou que Dida era uma "professora de verdade", e que tinha uma "luz muito bonita" e presença calmante no palco. Contudo, disse que, levando em consideração a apresentação desta noite, optaria por seguir com Luiza. Ao ver Michel Teló salvando a gaúcha, Iza dirigiu-se a ela:

— Eu só queria que você soubesse que temos que tomar decisões complicadas aqui no palco. Eu fico emocionada de verdade com você e o The Voice ganha muito com você continuando com a gente aqui. 

Fernanda de Lima x Hugo Rafael

Iniciando a noite em clima Disney, Fernanda e Hugo interpretaram Beauty and the Beast, do filme A Bela e A Fera, por uma vaga no time Iza. Ambos os cantores foram elogiados por Carlinhos Brown, que destacou a doçura de Fernanda e o "desvendar de monstros" de Hugo.

— Foi muito bonito o que vocês fizeram e é muito perigoso interpretar essa música porque ela mora no coração de muita gente, já tiveram outras versões e não é uma música fácil. Mas vocês tiraram isso de letra — disse Iza.

A técnica também afirmou que Fernanda é a pessoa mais elegante que pisou no palco do The Voice Brasil. Além disso, ressaltou o fato de que Hugo está sempre sorrindo:

— Isso é lindo de ver, porque é mais forte do que você. Vocês dois foram incríveis.

Por fim, Iza decidiu ficar com Hugo. Torcendo para Michel Teló salvar Fernanda, o técnico esperou a participante começar a agradecer pela oportunidade de estar no programa para apertar o botão "salvei".

— Pelo amor de deus, vocês me fizeram chorar lá atrás. Foi a coisa mais linda do mundo. É uma canção muito difícil, você cantou essa música e foi impecável. Vocês fizeram algo que vai ficar para nossa memória dentro do The Voice de uma batalha memorável. Parabéns — disse o sertanejo.

Dayse Rocha x Dielle Anjos

Na sequência, a disputa se deu no âmbito do time Claudia Leitte. Dayse Rocha e Dielle Anjos cantaram Leão do Norte, de Lenine, no palco. Apesar de Lulu Santos ter sido chamado a comentar a apresentação — e ter dito oque estava "besta" com a "brilhante" performance — Iza também quis se pronunciar.

— Eu queria elogiar vocês duas porque foi uma apresentação muito bonita de assistir — disse ela.

Claudia também ficou contente com a apresentação, e destacou o fato de que o entrelace das duas vozes "dominou" os jurados. Contudo, afirmou que estava sendo estratégica nesta temporada e, por isso, escolheu ficar com Dielle.

— Você é uma inspiração, sua voz é poderosíssima, você é muito forte. Você tem tudo dentro de você, pode botar para fora. Está na sua mão acontecer — disse a jurada à Dayse.

Carlos Filho e Eulá 

Carlos Filho e Eulá demonstraram toda sua delicadeza ao cantarem Sorri, Sou Rei, do Natirruts feat. Claudia Leitte, para seguir no time de Lulu. Iza elogiou toda a extensão vocal de Eulá, afirmando que ela a cada apresentação impressiona mais. Já em relação a Carlos, comentou sobre sua evolução vocal, desinibição e cumplicidade no palco.

— Eulá você é uma revelação, você tem um magnetismo, você emana uma onda, um feitiço. Carlos, você tem o dom, a cumplicidade com a Eulá, o cuidado, o carinho, o amor que você com sua arte trouxe e sua voz, a clareza da sua voz, o único da sua voz, o especial que você é — afirmou Lulu.

O técnico acabou optando por Carlos, que, ao ir para os bastidores, torceu para que sua colega fosse salva. Ao revelar que pegaria Eulá para seu time, Teló disse concordar com o que Lulu sobre a voz dela.

Leticia Coutinho x Serena

Caetano Veloso também apareceu na lista de músicas das Batalhas. Por uma vaga no time Brown, Leticia Coutinho e Serena se apresentaram ao som de De Noite Na Cama. A diferença entre as duas personalidades chamaram a atenção de Claudia, mas, segundo ela, foi uma mistura que deu certo:

— Foi muito lindo, muito gostoso de ver a interação de vocês É engraçado porque as vezes vê um feat e até o figurino tem um casamento. Mas quando vemos duas personalidades tão diferentes, cada uma tinha uma vibe e as duas se complementavam cantando. Foi demais, que vozes, que presença de palco, que espetáculo.

Brown, por sua vez, elogiou ambas as cantoras:

(Serena) você tem uma postura nasal que é espetacular, mas esse balançado, essa coisa que faz com a música deixa muito confortável, uma base muito bem preparada para que sereias possam desfilar seu canto. Letícia, além do seu canto te vejo estreando essa força que a Bahia traz. Você tem muito conhecimento da rítmica.

Serena foi a escolhida para seguir no time Brown. Contudo, Leticia não saiu sem nada: antes de dar adeus ao programa, foi convidada pelo técnico para cantar junto com as Timbaladies posteriormente.

— Para a gente continuar essa experiência, porque você é uma grande cantora — destacou Brown.

Danilo Moreno x Noug

A noite do The Voice Brasil também foi de samba. Danilo Moreno e Noug cantaram Melhor Eu Ir, música composta por Thiaguinho e eternizada na voz de Péricles. Ao final da apresentação, Claudia — que deveria escolher qual deles permaneceria na competição — estava com os olhos marejados. Lulu Santos não poupou os comentários positivos:

— Foi espetacular. Foi um gatilho puro, porque distribuíram amor. Nando você foi inacreditável, você foi lá no coqueiro, sua voz rende mais lá em cima. Danilo, parece que sua voz vem com compressão, é engraçado, ele manda a nota que for e não passa de um determinado volume e.... eu não me chamo Claudia Leitte.

Antes de anunciar sua escolha — o Danilo — a jurada aproveitou para agradecer a participação dos dois.

— Eu tenho muito orgulho de falar da minha terra. Eu cresci no centro histórico de Salvador, no Pelourinho, eu cresci ouvindo o som do Olodum do telhado da minha casa. Independente da minha escolha, eu quero dizer que sou muito grata por vocês representarem tudo que vocês representam, representarem a arte da nossa terra. 

Carol Fincatti x Taty Gomes

Marisa Monte foi outra artista consagrada do MPB que apareceu na playlist desta quinta-feira. Carol Fincatti e Taty Gomes disputaram para permanecer no time Lulu ao som de Bem Que Se Quis. As duas apresentaram características opostas: enquanto Carol permaneceu estritamente com a musicalidade da canção original, Taty optou por inovar.

— Taty, seu canto é libertário. Você trouxe notas para o Bem Que Se Quis, que eu nunca ouvi. Você disse: "eu vou dar a minha interpretação, eu não vou ficar no que eu conheço". Condiz com o seu talento e sua necessidade espontânea de estar sempre libertando. E Carol,  Seu canto lembrou mais a versão de Marisa, e você arriscou menos, mas não trouxe nenhuma ação inferior. Cantou muito bem, é uma grande cantora — analisou Brown.

Lulu reforçou o comentário de Brown, e acabou optando por ficar com Taty, por sua inovação.

— Carol você foi mais uma vez brilhante, centrada, chique, contida e respeitosa. Foi um número maravilhoso, mas às vezes percebo que quem coloca um pouco mais de pimenta no prato vende mais vatapá — afirmou o jurado.

Luama x Léo Pinheiro

Em uma apresentação enérgica, Luama e Léo Pinheiro cantaram a segunda música de Lenine da noite. Os dois escolheram interpretar Jack Soul Brasileiro, e arrancaram elogios de Iza, Lulu e de seu técnico Brown.

— Luama, você é incrível. Você tem uma presença de palco muito linda de assistir. É muito maneiro ver você chegar aqui na frente, encarar a gente, se conectar com a plateia. É impressionante o quão artista você é. Léo, tu é sinistro, cara. Como você faz uma música dessa parecer fácil para você. Era muitas palavras, eu entendi todas. É lindo de verdade ver você livre no palco, sentindo a música no corpo — disse a jurada.

Antes de Brown tecer comentários, ele se levantou e pediu para que Lulu fizesse o mesmo. Em seguida, ambos se sentaram no chão.

— Nós somos da música e somos felizes com isso e a gente sabe quando encontra uma capacidade de respirar e dividir. O número que vocês fizeram, vocês arrasaram — afirmou Brown.

Por fim, o jurado escolheu seguir na competição com Léo. Antes de deixar o palco, Luama decidiu falar diretamente ao público:

— Eu queria deixar uma mensagem de coragem. Algumas vezes eu duvidei que seria capaz de chegar aqui, então eu queria dizer para as pessoas que estão assistindo que tenham coragem, porque é preciso ter coragem para a gente ocupar os espaços, conquistar nossos sonhos e se manter vivos nesse país, do jeito que tá, nesses tempos sombrios. 

Ainda não é assinante? Assine GaúchaZH e tenha acesso ilimitado ao site, aplicativos e jornal digital. Conteúdo de qualidade na palma da sua mão.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros