Aumento peniano: mito ou verdade? - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo14/12/2021 | 12h50Atualizada em 14/12/2021 | 12h50

Aumento peniano: mito ou verdade?

Tenha cuidado com técnicas milagrosas, pois não há estudos científicos que comprovem sua eficácia

Aumento peniano: mito ou verdade? Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Estou na puberdade e, recentemente, comecei a fazer o método de tração no pênis, para aumentá-lo. Gostaria de saber se isso é seguro e saudável, já que o meu corpo ainda está se desenvolvendo. Desde já, agradeço!

O que pode ser considerado um pênis de tamanho normal, em 2021, ainda causa um grande debate. O fato de 85% das mulheres aprovarem o tamanho da genitália de seus parceiros não impede que perto de 50% deles estejam insatisfeitos. Atualmente, a pornografia, muito difundida, reforça a falsa ideia de que tamanho é essencial para a satisfação sexual plena.

A maioria dos homens que sofre de síndrome do pênis pequeno (SPP) apresenta dimensões dentro da normalidade. Alguns sofrem tanto o impacto emocional, que acabam sendo rotulados como portadores de dismorfofobia. Nesta doença, o homem olha para si próprio e enxerga uma imagem deformada, não realista, do seu corpo. Isso gera muita angústia, ideias suicidas e, muitas vezes, é necessário até fazer uma internação psiquiátrica.


Leia outras colunas

Cuidado!

Baseado neste cenário, o mercado apresenta uma verdadeira enxurrada de procedimentos invasivos ou não, sempre prometendo resultados milagrosos. Este dispositivo que você está usando é veiculado na internet como “halteres peniano” ou “pênis fit”. Não há estudos científicos de boa qualidade que comprovem sua eficácia. São apenas falsas promessas, com fins puramente comerciais. Não recomendo seu uso. O pênis tem estruturas que não podem ser alongadas, como uretra, nervos e vasos sanguíneos. Aliás, um alongamento forçado pode causar danos físicos a essas estruturas.

Caso tenha insegurança em relação ao seu corpo, visite um especialista no assunto (urologista). Além disso, um aconselhamento psicológico pode aliviar sua ansiedade e deixá-lo mais preparado para uma vida sexual satisfatória.



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros