Como é a vida sexual na terceira idade? - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo27/12/2021 | 15h03Atualizada em 27/12/2021 | 17h47

Como é a vida sexual na terceira idade?

A intimidade assume diferentes formas à medida que envelhecemos

Como é a vida sexual na terceira idade? Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Estamos com 71 e 64 anos, juntos há 41, com filhos criados. Agora, mais velhos, ainda transamos eventualmente, mas achamos que não temos mais idade para isso. Será preconceito nosso? Os idosos seguem querendo sexo?

As mudanças que vêm com o envelhecimento fazem com que mulheres e homens se comuniquem mais, sejam mais criativos e tenham mais tempo para apreciar o próprio corpo e o do par, o que leva à satisfação.

Uma pesquisa recente sobre a sexualidade a partir dos 50 anos revelou que a maioria dos entrevistados afirma fazer menos sexo do que na juventude, porém, agora, com mais qualidade. Mais de um terço gostaria de ter mais intimidade, mas não encontra tempo disponível. Além disso, quem ainda mora com os filhos diz que, geralmente, espera até que os herdeiros adormeçam, ou que não estejam por perto, para fazer sexo com o parceiro. Quase 50% dos idosos, cujos filhos não moram na mesma casa, dizem que a vida sexual melhorou drasticamente.

Leia outras colunas

Mito

A pesquisa também mostrou que os locais mais populares da casa onde os entrevistados têm relações sexuais são o quarto e a sala de estar.

Mesmo que não vejamos muitos adultos mais velhos sendo sexualmente românticos na mídia, isso não significa que eles também não gostam de erotismo. O mito em torno disso está relacionado ao desconforto das pessoas com o envelhecimento. Acreditamos que o prazer deve ser celebrado por todos, independentemente da idade. A intimidade assume diferentes formas à medida que envelhecemos e pode ser igualmente satisfatória.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros