Fratura peniana: causas, sintomas e tratamento - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo16/12/2021 | 14h43Atualizada em 16/12/2021 | 14h43

Fratura peniana: causas, sintomas e tratamento

Acidentes podem acontecer nos momentos mais intensos da transa

Fratura peniana: causas, sintomas e tratamento Reprodução / Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Preciso de ajuda: minha esposa e eu estávamos fazendo sexo, e o meu filho entrou no quarto. Na hora, com o susto, o meu pênis dobrou, em contato com a minha mão, e ficou roxo. O que devo fazer?

Acidentes sexuais podem acontecer nos momentos mais arrebatadores da transa. Apesar do desconforto, a recuperação costuma ser rápida, mas é bom ficar atento para que sequelas graves não surjam.

Na verdade, o pênis não quebra, porque não tem osso. A fratura ocorre quando o órgão está ereto e é fortemente pressionado de forma errada, forçando uma dobra ao meio. Isso normalmente acontece quando o par está sobre o homem e o pênis escapa: aí, a pessoa senta abruptamente sobre o órgão do parceiro, causando o rompimento dos corpos cavernosos da genitália.

Outra forma mais rara de fratura, que é o seu caso, ocorre na tentativa de interromper a ereção, ou seja, ao dobrar o pênis ereto com a mão. É possível ouvir o barulho de um estalo no momento em que acontece o rompimento. Logo em seguida, há dor forte, perda de ereção, hematomas  azulados ou pretos no local e grande inchaço, que pode atingir até o saco escrotal.

leia outras colunas

Procure ajuda

Movimentos bruscos para mudar de posição sexual também oferecem risco. Colocar gelo no local pode aliviar a dor e o inchaço, mas é essencial, logo que sentir os sinais da fratura peniana, ir à emergência de um hospital e procurar ajuda.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros