Tatá Werneck no comando, homenagem a Marília Mendonça e Paulo Gustavo e mais: confira tudo o que rolou no Prêmio Multishow  - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Festa da música09/12/2021 | 08h11Atualizada em 09/12/2021 | 08h18

Tatá Werneck no comando, homenagem a Marília Mendonça e Paulo Gustavo e mais: confira tudo o que rolou no Prêmio Multishow 

Israel e Rodolffo, Luan Santana e Marina Sena se destacaram entre os premiados

Tatá Werneck no comando, homenagem a Marília Mendonça e Paulo Gustavo e mais: confira tudo o que rolou no Prêmio Multishow  Multishow / Divulgação/Divulgação
Momento de homenagem a Marília Mendonça reuniu IZA, Ivete Sangalo (E) , Luísa Sonza (D) e Dona Ruth (C), mãe da cantora Foto: Multishow / Divulgação / Divulgação
Paula Chidiac

Em uma cerimônia com temática futurista, o Prêmio Multishow consagrou nomes como Luan Santana, Israel e Rodolffo e Anitta nesta quinta-feira (8). Com a humorista Tatá Werneck e Iza no comando da apresentação, além de participação de Xuxa, o evento assumiu tom leve, em uma premiação que homenageou Paulo Gustavo, Marília Mendonça e Cássia Eller, cuja morte completa 20 anos no final do mês.

A abertura ficou por conta de Marina Sena, que cantou um de seus maiores hits, Por Supuesto, acompanhada de um fundo ChromaKey. Projetando cenas de uma cidade no palco, foi ela quem deu a largada para Iza e Tatá subirem ao palco.

— Graças à vacina as pessoas estão retomando aos poucos as atividades e graças á isso, estamos trazendo aqui um mundo novo, onde as pessoas se amam, lambem corrimão, enfim — brincou Iza.

Confira os destaques da noite:

Homenagem à Marília Mendonça e Paulo Gustavo
Eleita cantora do ano por unanimidade, Marília Mendonça, morta em um acidente de avião no mês passado, ganhou homenagem nesta noite. No palco, subiram Iza, Luísa Sonza e Ivete Sangalo, enquanto no telão passavam vídeos da artista que revolucionou o mundo sertanejo.

Quem recebeu o prêmio por Marília foi a mãe de Marília, Ruth Dias, e seu irmão, João Gustavo.

— Eu queria primeiramente agradecer à Deus e dizer que é de muita honra estar aqui representando minha filha hoje e agradecer pelo carinho de todos vocês, agradecer pelo carinho do Brasil e do mundo com ela. A gente segue forte porque podemos compartilhar essa dor com vocês e dedicar esse prêmio ao rebanho de fãs que ela sempre amou e que a gente ainda ama — disse Ruth

— Eu quero que vocês guardem sempre o que Marília passou para vocês. Hoje estou usando uma correntinha que tem um pingente com a inicial R e M, que gravei há um tempo, e é assim que vou levar ela no meu peito, para sempre — disse João.

Morto neste ano devido à complicações da covid-19, Paulo Gustavo também fez falta nesta noite. O humorista, que comandou a cerimônia por seis edições, foi homenageado em um dueto de Iza e Mariah Nala.

— Sentimos muita saudade. Eu tive a honra de apresentar o Prêmio com o Paulo Gustavo e, neste ano, estamos aqui sem ele. O coração bate diferente, não tem jeito. E a Marília mudou a música para sempre. Ela deixou uma marca incrível, é uma grande inspiração para qualquer cantora —  contou Iza durante o pré-show.

Logo após a homenagem de Marília, Tatá entrou no palco para falar de Paulo Gustavo. Ao iniciar sua fala, os olhos marejara me ela chegou a ter de parar por alguns segundos.

— Há um ano, Iza e eu tivemos honra de compartilhar e celebrar....  a presença ilustre de Paulo Gustavo nesse palco. É a pessoa mais engraçada que já conheci nessa vida. O amor, o humor e a música de Paulo Gustavo e Marília quebraram muitos paradigmas. 

Cacau Protásio, Samantha Schmütz e Catarina Abdala  também deixaram seus dizeres para o humorista.

Depois, um vídeo de Marcus Majella, amigo e colega de Paulo, foi exibido no telão. No material, ele comenta que Paulo gostava muito de Nova York, mas quando foi para lá a primeira vez, aguentou ficar 15 dias na cidade, pois sentiu muita falta do Brasil.

Na sequência, uma coleção dos melhores momentos de Paulo foi exibido no telão.

Iza e Mariah Nala também cantaram para o humorista, desta vez ao som de Apenas Mais uma de Amor, de Lulu Santos. 

Encerrando as homenagens, o viúvo do humorista, Thales Bretas, relembrou o amor e carinho que Paulo deixou ao público.

Shipp dos anos 90
Recordista, Ivete Sangalo arrecadou seu 21º prêmio, vencendo na categoria de Melhor Performance do ano.  Ao subir no palco, abraçou Xuxa e até arriscou um beijo na loira, que acabou desviando do gesto, rindo. 

Nos anos 1990, as duas foram apontadas como um possível casal. O rumor, contudo, nunca se confirmou, e Ivete já chegou a dizer que, mesmo que fossem LGBT+, nunca namoraria Xuxa por serem grandes amigas.

Homenagem à Cássia Eller
Cássia Eller, um dos maiores nomes do MPB, deixou uma legião de fãs em 29 de dezembro de 2001. Em homenagem à cantora — e também à sua outra mãe, Maria Eugênia, seu filho Chico Chico se apresentou. Nando Reis entrou na sequência, também para relembrar a artista.

— Além dessa artista maravilhosa, era uma mulher à frente de seu tempo, sempre levantou as bandeiras da diversidade e tolerância. E quando sua filha disse que preferia Marisa Monte, passou a cantar de uma maneira mais calma. Deve estar nos assistindo lá do segundo sol — disse Iza.

Tatá aos berros
Israel e Rodolffo subiram ao palco pela primeira vez na noite para receberem o prêmio de canção do ano. Mas o que chamou atenção não foi o troféu que levaram para casa: na verdade, quem roubou o holofote foi Tatá. Prestes a descer as escadas para sair, Israel quase pisou na parte do palco que tinha água — o pior só não aconteceu porque a comediante soltou um grito, cena que virou piada nas redes sociais. 

— Eu sou muito controlado emocionalmente, até dou graças à Deus por isso. Mas a gente tá tão feliz porque quem conheceu Israel e Rodolffo agora... a gente canta desde criancinha. Estamos conquistando coisas que queríamos ter conquista há muito tempo já e graças à Deus estamos tendo essas oportunidades — disse Rodolffo ao receber o prêmio, agradecendo também à oportunidade de participar do BBB 20.

Mais tarde, A dupla sertaneja subiu novamente ao palco mais tarde, para receber o prêmio de Hit do Ano por Batom de Cereja. Israel assumiu o microfone primeiro, e, antes de iniciar o discurso, brincou sobre a situação anterior:

— Tomando cuidado para não cair no laguinho dessa vez...  

Xuxa na nave
Relembrando o hit que foi hino dos anos 80 e 90, Xuxa abriu o pré-show ao sair de sua nave para cantar Arco-Íris, trajada em roupa de estilo intergaláctico. Na sequência, Majur juntou-se à rainha dos baixinhos para cantar Lua de Cristal.

Zoou todo mundo
Como sempre, Tatá Werneck mostrou ter uma língua afiadíssima para fazer piadas. O primeiro alvo da humorista foi Tiago Iorc que, segundo ela, "descobriu que é homem e está super chateado", em referência ao discurso do artista no clipe de Masculinidade. Ela comentou até o caso que teve com o ator em 2016.

— Às vezes uma chupada errada que você dá, a pessoa tira a camisa e faz um clipe de seis minutos. Brincadeira, Tiago, está muito gostoso o seu clipe. Gostoso não, bem feito — disse.

Em outro momento, alfinetou que a ex-BBB Mara Maravilha estava em casa, pronta para alfinetar Xuxa. No mês passado, as duas ex-apresentadoras trocaram farpas, e Mara chegou a se retratar após usar a expressão "débil mental" contra a loira.

— A Mara está aqui? — questionou Iza.

— Não, está em casa, mas tentando alfinetar a Xuxa — respondeu Tatá.

Logo na sequência, Iza pediu que a colega seguisse o roteiro da premiação e que as duas não tinham combinado aquilo. Tatá, por sua vez, respondeu:

— Amor, não faz a Fiuk, não. Não faz essa polêmica, não.

Recentemente, foi ao ar a participação de Fiuk polêmica com Fiuk no programa comandado por Tatá, Lady Night. Contudo, o músico não gostou de algumas brincadeiras feitas pela apresentadora e se recusou a responder algumas perguntas dela.

Veja os vencedores do Prêmio:

Música do ano

  • Batom de Cereja – Israel e Rodolffo
  • Girl From Rio – Anitta
  • Morena – Luan Santana
  • Calma - Marisa Monte
  • Gueto  - Iza

Clipe TVZ do ano

  • Atenção - Pedro Sampaio e Luísa Sonza
  • Girl From Rio - Anitta
  • Modo Turbo - Anitta, Pabllo Vittar e Luísa Sonza
  • Morena - Luan Santana
  • Rainha da Favela - Ludmilla

Cantor do ano

  • Dilsinho
  • Emicida
  • Ferrugem
  • Gusttavo Lima
  • Luan Santana

Cantora do ano

  • Anitta
  • Ivete Sangalo
  • Iza
  • Luísa Sonza
  • Marília Mendonça

Experimente (revelação)

  • João Gomes
  • L7nnon
  • Marina Sena
  • Matheus Fernandes
  • Zé Vaqueiro
  • Grupo do ano
  • Gilsons
  • Menos é Mais
  • Lagum
  • Os Barões da Pisadinha
  • Sorriso Maroto

Performance do ano

  • Anitta
  • Gusttavo Lima
  • Ivete Sangalo
  • Luísa Sonza
  • Pabllo Vittar

Grupo do Ano

  • Gilsons
  • Grupo Menos É Mais
  • Lagum 
  • Os Barões da Pisadinha
  • Sorriso Maroto

Hit do ano

  • Baby Me Atende – Matheus Fernandes e Dilsinho
  • Batom de Cereja – Israel & Rodolffo
  • Deixa de Onda – Dennis, Ludmilla e Xamã
  • Meu Pedaço de Pecado – João Gomes
  • Tipo Gin – Kevin O Chris

Dupla do ano

  • Anavitória
  • Henrique & Juliano
  • Israel & Rodolffo
  • Jorge & Mateus
  • Zé Neto & Cristiano

Categorias do Superjúri

Revelação do ano

  • Jadsa
  • João Gomes
  • Marina Sena

Canção do ano

  • Crash – Juçara Marçal
  • Me toca – Marina Sena
  • Sonho da Lay – Tuyo part. Luccas Carlos

Álbum do ano

  • De Primeira – Marina Sena
  • Delta Estácio Blues – Juçara Marçal
  • Olho de Vidro – Jadsa


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros