"The Voice Brasil": última noite das Batalhas tem sucessos de Aretha Franklin, Nando Reis e Tim Maia - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Soltando a voz!01/12/2021 | 08h28Atualizada em 01/12/2021 | 08h37

"The Voice Brasil": última noite das Batalhas tem sucessos de Aretha Franklin, Nando Reis e Tim Maia

Programa entra em nova fase a partir de quinta-feira 

"The Voice Brasil": última noite das Batalhas tem sucessos de Aretha Franklin, Nando Reis e Tim Maia João Cotta / Globo/Globo
Teló (e) vai precisar reduzir seu time de 17 vozes quase pela metade Foto: João Cotta / Globo / Globo
Paula Chidiac

O The Voice Brasil chegou ao final da fase de Batalhas nesta terça-feira (30). Fechando a quarta noite da etapa, o técnico Michel Teló — único que pode apertar o botão "Peguei" nesta temporada — salvou duas  vozes, enquanto outras seis deixaram a competição.

Iza, Carlinhos Brown, Claudia Leitte e Lulu Santos terminaram de definir seus times. Teló, contudo, tem outro desafio pela frente: vai precisar reduzir sua equipe, com 17 vozes, quase pela metade. A dinâmica deve ocorrer exclusivamente via site do Gshow a partir desta quarta-feira (1). Os participantes serão divididos em duplas e trios para encarar uma nova etapa do programa.

Já na quinta-feira (2), o programa vai entrar oficialmente na fase das Batalhas Entre Técnicos. Teló, que esteve até o momento agindo dos bastidores, ganhará uma cadeira e poderá participar ativamente do reality show.

Lysa Ngaca x Manu Semiguen

Logo de cara, a primeira disputa da noite trouxe um nome de peso para o palco: Lisa e Manu cantaram Chain of Fools, de Aretha Franklin. Aplaudidas de pé, até mesmo André Marques elogiou a apresentação, que fez a plateia dançar.

— Eu só consigo viver o momento ainda, porque está em mim ainda, eu acho que a plateia se sentiu contagiada. Todo mundo aqui se divertiu com o número, foi uma entrega espetacular. Foi um número eletrizante — afirmou Claudia Leitte.

Carlinhos Brown, técnico da dupla, se viu diante de uma decisão difícil. Elogiou ambas as vozes, disse que ambas eram duas grandes competidoras do reality e chamou o público para levantarem novamente e aplaudirem a dupla. Por fim, decidiu ficar com Lisa; Manu deixou o programa.

Bruna Gonçalves x Cibelle Hespanhol

Já no time de Claudia Leitte, Nando Reis foi a escolha da música da disputa. A dupla interpretou Luz dos Olhos na tentativa de continuar no reality show, e arrancou elogios de Iza, que destacou o "conhecimento de si" de Bruna e as escolhas pessoais "corajosas" de Cibelle.

— Eu me sinto muito honrada e orgulhosa e aí partimos para um lugar muito maravilhoso que é ver duas mulheres num ringue mas que dividem a cena e nenhuma das duas foi diminuida no número, nem por elas mesmas, nem pela situação — disse Claudia.

Contudo, a técnica precisava fazer uma escolha. E, segundo ela, foi pensando na noite de hoje que optou por Cibelle. Bruna despediu-se da disputa. 

Dona Preta x Krishna Pennutt

Competido por uma vaga na equipe de Iza, a dupla trouxe sua versão própria de Várias Queixas, de Gilson. As escolhas musicais das cantoras foram elogiadas pelos jurados. 

— Trouxeram o soul, umas nuances melódicas diferentes que acho que é a praia de cada uma e eu achei lindo viu, achei difícil demais decidir — opinou Claudia.

Iza, por sua vez, revelou que tinha entrado no programa pensando que faria uma escolha. Contudo, para ser justa com a apresentação desta noite, precisaria mudar: ficou com Dona Preta. Krishna, por sua vez, começou a fazer um discurso de despedida emocionado quando Michel Teló apertou o botão de "Peguei".

— A gente vê que você sobe nesse palco com uma paixão, uma gana de cantar. E eu acho qeu a gente pode administrar essa voz que é uma potência e fazer algo com ela — destacou o sertanejo.

Júlia Paz x Natália Araújo

Sucesso de Lewis Capaldi, Someone You Loved foi a escolha das competidoras para a batalha. Brown ficou impressionado com a performance:

— Palco para que te tenho. E ter palco é para dizer "sambare", é para sambar, é para cantar música pop, é para unir as almas. 

Lulu elogiou as capacidades vocais de cada uma das duas, bem como a cumplicidade entre elas. No final, decidiu ficar com Júlia Paz.

Belle Ayres x Wina

Hit de 2020 na versão da banda Maneskin, Beggin', originalmente de Madcon, também foi interpretada no The Voice Brasil. A apresentação ganhou elogio de André Marques, que questionou a Lulu o que ele havia achado.

— Uma beleza, isso que é um dueto. Foi muito bem defendida a canção, teve esperteza de ambas as partes — respondeu o jurado.

Claudia destacou a conexão de ambas cantoras no palco. Contudo, escolheu ficar com Wina em seu time, enquanto Belle Ayres precisou se despedir do programa. 

Eduardo Vidal x Isabella Carvalho 

Tim Maia foi outro artista que figurou no repertório dos competidores. Os dois participantes escolheram interpretar Primavera (Vai Chuva) para tentar seguir no reality show. 

— A palavra aqui é evolução. Que diferença absurda das Audições Às Cegas para cá, e dá para ver que vocês sentem isso. E acho que a gente ficou envolvido com essa cumplicidade, generosidade, com a disciplina que tiveram um com o outro — destacou Iza.

No final, a jurada precisou tomar uma decisão. Baseada na consistência do participante, optou por Eduardo. Isabella, por sua vez, deixou o programa. 

Thor Júnior x Will Gordon

Marcando presença como a sexta apresentação da noite, a dupla disputou ao som de A Lua e Eu, de Cassiano. 

— Vocês representaram com dignidade essa ideia da música brasileira com essa influência do soul americano que Tim Maia e Cassiano trouxeram desde a década de 70 — afirmou Lulu.

Contudo, o jurado destacou o fato de que Will entrou no palco com as mãos no bolso — e assim ficou até metade da apresentação. O mesmo comentário foi ressaltado pelo técnico da dupla, Carlinhos Brown:

— Esqueçam se em algum momento as adversidades da vida os fez só. Nunca mais tragam a solidão para o palco. Sejam conjuntos.

Ao final, Carlinhos decidiu seguir com Thor. Will deixou a competição, enquanto nos bastidores Michel Teló comentava que o participante era um músico incrível.

Bárbara Nery x Nyah

Encerrando as Batalhas, as participantes cantaram Hurt, de Christina Aguileira, deixando até André Marques sem palavras. Brown, por sua vez, literalmente tirou o chapéu para as cantoras.

— Barbara, que canto, professora, que beleza é você. sua utilização de potência, e essa extensão para o grave que domina com altivez, foi a primeira a sair do dueto e interpretar com muita precisão — disse Iza.

A situação deixou Lulu em dúvida. Pressionado por André Marques para tomar uma decisão, disse não saber. Claudia, por sua vez, interveio para tentar ajudar o colega.

— Uma é paixão pura, outra parece que estudou, outra parece que estudou, fez ciência do canto. Talvez isso te ajude a encontrar um caminho.

— Posso ouvir de novo? — perguntou Lulu, fazendo Teló rir nos bastidores.

Entre o drama e o canto, o técnico escolheu a segunda opção, ficando com Bárbara. Quando estava deixando o palco, Teló apertou, pela última vez nas Batalhas, o botão de "Peguei".

— Seu timbre é sensacional, não é à toa que a galera reagiu quando você cantou. Seja bem vinda ao time Teló! — afirmou o sertanejo.

Ainda não é assinante? Assine GaúchaZH e tenha acesso ilimitado ao site, aplicativos e jornal digital. Conteúdo de qualidade na palma da sua mão.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros