"BBB 22": suspeito de ataques racistas contra Douglas Silva seria morador de Novo Hamburgo - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Crime  na internet28/01/2022 | 09h21Atualizada em 28/01/2022 | 09h48

"BBB 22": suspeito de ataques racistas contra Douglas Silva seria morador de Novo Hamburgo

Advogado do ator afirma ainda que responsável pode integrar grupo nazista no Rio Grande do Sul 

"BBB 22": suspeito de ataques racistas contra Douglas Silva seria morador de Novo Hamburgo Reprodução Instagram / @dsilvaoficial/@dsilvaoficial
Advogados da família de Douglas Silva registraram boletim de ocorrência na tarde desta quarta-feira (26) Foto: Reprodução Instagram / @dsilvaoficial / @dsilvaoficial
GZH
GZH

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro identificou recentemente o suspeito dos ataques racistas contra Douglas Silva, ator e participante do BBB 22. De acordo com as autoridades, o homem seria morador do Rio Grande do Sul, possivelmente de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, e integrante de um grupo nazista que planeja ataques contra judeus, negros e homossexuais. 

Em entrevista ao G1, o advogado da família do ator, Ricardo Brajterman, contou que o suspeito é monitorado pelas autoridades e que deverá ser chamado para depoimento, em breve. Segundo o defensor, a Decradi do Rio também confirmou com a delegacia de Novo Hamburgo que o homem tem vários processos por crimes raciais e de injúria.

A família de Douglas decidiu registrar um boletim de ocorrência na Polícia Civil após conteúdos de cunho racista publicados por um blog anônimo veiculado à plataforma WordPress. No site, há um texto que chama o artista de macaco e utiliza outras expressões discriminatórias.

Recentemente, o grupo hacker Anomymus invadiu o blog em que foram publicadas as ofensas e retirou o texto do ar, além de expor dados pessoais do autor do site e informações sobre seus familiares. Os invasores também publicaram prints de outras declarações racistas do suspeito e postaram uma mensagem direcionada ao investigado. "Seu fim está próximo. Tomara que te joguem em uma cela só de negros quando você for preso", diz o texto.

Após ter conhecimento do conteúdo publicado, Carol Samarão, esposa do artista, se manifestou nas redes sociais e contou que outros participantes do BBB também foram atacados, como Linn, Natália e Luciano. "Estamos tomando todas as medidas cabíveis para que atos como esses não se repitam", esclareceu Carol.

Os advogados do ator formalizaram o registro de ocorrência na tarde desta quarta-feira (26). Nos próximos dias, a Decradi do Rio Grande do Sul deve intimar o suspeito para coleta de depoimento. 

 Quer receber as principais informações sobre Big Brother Brasil no seu e-mail? Se inscreva na newsletter de GZH do BBB no link.  

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros