Elza Soares gravou DVD dois dias antes de morrer - Entretenimento

Versão mobile

 
 

"Cantar até o fim"21/01/2022 | 09h14Atualizada em 21/01/2022 | 09h14

Elza Soares gravou DVD dois dias antes de morrer

Projeto reúne maiores sucessos da artista e tinha lançamento previsto para março, revelou percussionista

Elza Soares gravou DVD dois dias antes de morrer André Ávila / Agencia RBS/Agencia RBS
Elza Soares morreu nesta quinta-feira, aos 91 anos Foto: André Ávila / Agencia RBS / Agencia RBS
GZH
GZH

A cantora Elza Soares, que morreu na quinta-feira (20), aos 91 anos, havia gravado um DVD no Theatro Municipal de São Paulo na segunda (17) e na terça-feira (18). A informação foi revelada pelo percussionista Mestre Dalua, que vinha trabalhando com ela desde 2015. 

As gravações foram realizadas sem que o público ou a imprensa soubessem. Dalua havia publicado uma foto do camarim, mas sem entrar em detalhes sobre o projeto.

— Estivemos com ela até o fim, do jeito que ela queria: cantar até o fim — contou ele ao portal G1.

Além do DVD, Elza estava trabalhando em um novo álbum. Ao jornal Folha de S.Paulo, Dalua contou que os dois trabalhos são uma coletânea dos maiores sucessos da artista e que 16 músicas estiveram no repertório das gravações.

 — Planejávamos gravar este DVD desde o início da pandemia, mas acabamos protelando. Quando a gente conseguiu, ela logo nos deixou. Mas foi um grande privilégio, porque ela estava bem, feliz para caramba, se entregando de corpo e alma  — relembrou o percussionista. 

Segundo Dalua, os projetos deveriam ser lançados em março. Até o momento, a assessoria de Elza não confirmou se o cronograma será mantido após a morte da cantora.

Despedida

O corpo de Elza Soeares será velado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A cerimônia começa fechada para familiares e amigos próximos, das 9h às 10h desta sexta (21). Depois desse horário, será aberta ao público até as 14h. 

Segundo informações do portal G1, um carro aberto do Corpo de Bombeiros levará o corpo da cantora pela Avenida Atlântica, onde ela morou por muitos anos, até o Cemitério Jardim da Saudade, na zona oeste da capital fluminense. O velório será na Capela VIP, às 15h — também restrito a familiares e amigos —, e o sepultamento ocorre no setor do Cristo Redentor, às 16h.  

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros