"Foi a primeira mulher que beijei", conta Vitória Strada sobre a noiva, Marcella Rica - Entretenimento

Versão mobile

 
 

"Me permiti viver"21/03/2022 | 12h04Atualizada em 21/03/2022 | 12h52

"Foi a primeira mulher que beijei", conta Vitória Strada sobre a noiva, Marcella Rica

Artistas estão juntas há quase três anos

"Foi a primeira mulher que beijei", conta Vitória Strada sobre a noiva, Marcella Rica @vitoriastrada_ Instagram / Reprodução/Reprodução
Vitória Strada e Marcella Rica noivaram em janeiro do ano passado Foto: @vitoriastrada_ Instagram / Reprodução / Reprodução

A atriz Vitória Strada e a diretora Marcella Rica estão juntas há quase três anos. Em entrevista à revista Quem publicada nesta segunda-feira (21), a gaúcha falou sobre o relacionamento e contou como percebeu que estava apaixonada por uma mulher. 

— Marcella foi a primeira mulher que beijei na boca. Sempre fui muito de ficar com as pessoas que já conhecia. A gente não ficou por ficar. A gente se conheceu, eu sabia que ela queria ficar comigo, a gente não tinha ficado ainda. Depois de um tempo convivendo juntas, uma amiga chegou para mim e falou: "Eu acho que você está gostando da Marcella". Eu não tinha reparado, me ligado disso. É natural. Eu estava acostumada e condicionada a sair com homens. Não tinha aberto outras possibilidades. E a Marcella me encantou. Quando a gente se beijou pela primeira vez, eu já estava apaixonada. A gente se conheceu e eu não cogitava no início, não olhei para ela com esse olhar, tinha gostado como amiga. Comecei a perceber que o que eu estava sentido era similar ao que eu tinha sentido da última vez que tinha me apaixonado. Então me permiti viver isso — relatou ela.

Na conversa, Vitória também elogiou a relação com a atriz e produtora.

— A gente se incentiva muito. É muito bonito. A gente se ajuda. Um relacionamento saudável é assim — opinou. — Já vai fazer três anos (que estamos juntas). Já é um casamento. Dois anos de pandemia intensos. A gente começou a ficar muito junto bem no começo da pandemia, era um desafio. A gente tirou nota mil, foi muito melhor do que eu esperava. Normal ter desentendimentos, ainda mais do nada, começar a se relacionar e morar junto.

Por fim, enalteceu a futura esposa - as duas noivaram em janeiro do ano passado

— A Marcella me conheceu em um momento de florescimento. Sou muito jovem, tenho 25 anos, e ela me conheceu em um momento de mudanças, de amadurecimento muito grande. Mudança de vida de dentro de mim para fora. Me apaixonei. Ver ela crescer no trabalho, pessoalmente, é muito bonito. Ela está bombando com a produtora, fico muito orgulhosa. Tenho muito orgulho dela — concluiu. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros