Amor pelo samba e projeto solo: conheça Danilo Santos - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Estrelas da Periferia17/05/2022 | 10h32Atualizada em 17/05/2022 | 10h32

Amor pelo samba e projeto solo: conheça Danilo Santos

Sambista tem experiência no meio, já passou por grupos e, hoje, investe na carreira solo. 

Amor pelo samba e projeto solo: conheça Danilo Santos Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Danilo já tem boa estrada no samba Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Nascido no bairro Parque dos Maias, na Zona Norte da Capital, Danilo dos Santos foi criado nas rodas de samba da comunidade, sempre apaixonado pelo gênero. Mesmo com 35 anos, já tem uma bagagem considerável no meio. No começo da sua trajetória, integrou o grupo Daquele Jeito, formado nas garagens e churrasqueiras do Parque dos Maias.

- Dali, saímos para os principais palcos da Capital e da Região Metropolitana - lembra. 

Em 2008, ele entrou no grupo Madeira de Lei, ao lado de Diego Silva, que criou o grupo e começou a ganhar destaque com o parceiro. Na época, lançaram CD próprio e chegaram a fazer shows em São Paulo. Porém, inquieto, dois anos depois, Danilo acabou criando seu próprio grupo, o Favela Social, que, rapidamente, chamou atenção no circuito pagodeiro da Capital.

- Foi um grupo criado junto com meus amigos de infância que sempre estiveram comigo. Viajamos para todo o Interior do Rio Grande do Sul, para São Paulo e para o Rio de Janeiro. No Rio, fizemos diversos shows, foi uma experiência incrível - lembra Danilo. 

Depois de muitos anos, justamente em 2020, no começo da pandemia, Danilo criou seu primeiro projeto solo, batizado de Pagode do Dani. Nesse voo solo, ele mistura diversas músicas e ritmos.

Conheça outras histórias da seção

Batalha

Uma das principais canções do novo projeto de Danilo é a faixa Vê se Fica Online, que foi gravada em um estúdio no Rio de Janeiro, e que já está disponível nas plataformas digitais. Mantendo uma de suas características, Danilo chamou para o novo projeto amigos de longa data: o irmão (Lukinhas) e os amigos de infância Ricardinho e Fabinho. 

- Hoje, conseguimos tocar nas principais festas da Capital e do Interior. São mais de 15 anos de noite de muita batalha, estou nisso desde cedo. Já acompanhei diversos artistas renomados do samba e pagode tenho experiência e conhecimento para fazer mais pelo nosso samba gaúcho! - finaliza.

Os próximos passos de Danilo são gravar, em junho, um clipe da faixa Vê se Fica Online e lançar mais uma canção inédita, em julho:

- Sou pai de dois filhos (Romeo e Laura). Através do samba, levo sustento pra eles e sigo meu sonho, nunca perdendo minha essência! 

Pitaco 

Adriano Brasil, produtor artístico, fala sobre o trabalho de Danilo:

- Faz um grande trabalho no pagode gaúcho, desde a época do Favela Social. Com o projeto solo, tem potencial para ser um dos grandes cantores do pagode e do samba no Rio Grande do Sul.

Aqui, o espaço é todo seu

- Para falar com Danilo, ligue para 99816-6743.

- Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas e vídeos e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros