Maitê Proença rebate críticas por dizer que preferia que Adriana Calcanhotto fosse um homem: "Seria mais fácil" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Frase polêmica29/06/2022 | 09h11Atualizada em 29/06/2022 | 09h11

Maitê Proença rebate críticas por dizer que preferia que Adriana Calcanhotto fosse um homem: "Seria mais fácil"

"O que eu disse está claro e se lido sem má vontade é elogioso com a minha parceira", defendeu a atriz em vídeo publicado nas redes sociais

Maitê Proença rebate críticas por dizer que preferia que Adriana Calcanhotto fosse um homem: "Seria mais fácil" @eumaiteproenca Instagram / Reprodução/Reprodução
Maitê Proença respondeu aos comentários que criticaram sua frase sobre a namorada, Adriana Calcanhotto Foto: @eumaiteproenca Instagram / Reprodução / Reprodução

Após receber uma enxurrada de críticas por dizer que preferia que a namorada, a cantora Adriana Calcanhotto, fosse um homem, a atriz Maitê Proença se pronunciou em suas redes sociais nesta terça-feira (28). Em um vídeo publicado no seu perfil do Instagram, a artista explicou melhor o que quis dizer com a afirmação.   

 — Eu dei uma entrevista em que eu fui perguntada sobre o meu relacionamento atual. E eu respondi que, apesar de preferir homens, estou com uma mulher porque eu gosto dela, eu gosto daquela pessoa. Se ela fosse um homem, seria mais fácil para mim, mais conhecido. Mas, por gostar, eu topo fazer essa experiência — defendeu ela. 

Em seguida, relatou ter sido acusada de ser "lesbofóbica" por conta do ocorrido.

 — Estar em um relacionamento com uma mulher me parece falar mais alto do que os comentários dos que caçam polêmicas onde não há. O que eu disse está claro e se lido sem má vontade é elogioso com a minha parceira. Paz e amor — concluiu.

Confira o vídeo publicado por Maitê:

Relembre a polêmica

 No final de semana, uma frase de Maitê em entrevista à revista JP repercutiu nas redes sociais. Ao ser questionada sobre sua relação com a cantora, afirmou:

— Eu queria que ela (Adriana) fosse homem. Para essa atividade sempre gostei mais de homem. Mas ela é mulher, gosto dela e aceito isso — afirmou na ocasião.

Em seguida, ponderou:

— Sei que as feministas e os LGBTs não vão gostar do que acabei de dizer, mas, honestamente, é assim, entendeu? Posso experimentar algo diferente para estar com ela.

Maitê e Adriana têm uma relação discreta. Esta, porém, não foi a primeira vez que a atriz de 64 anos falou sobre a namorada. À Veja, recentemente, ela comentou que sofreu alguns ataques preconceituosos desde que o relacionamento se tornou público.

— Acho que neste momento as pessoas estão mais comedidas com relação ao preconceito, elas têm medo das consequências. Ainda assim, recebi mensagens nas redes do tipo "você me decepcionou" ou "isso é pecado". Ora, com homem não é pecado, mulher é?

A atriz declara que nunca havia se relacionado com outra mulher antes de Adriana. Já a cantora foi casada com Suzana de Moraes, que morreu em 2015.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros