Ex-BBB Lumena rebate críticas após criar perfil em site de conteúdo adulto: "Eu sou uma mulher livre" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Nova fase05/07/2022 | 07h49Atualizada em 05/07/2022 | 07h49

Ex-BBB Lumena rebate críticas após criar perfil em site de conteúdo adulto: "Eu sou uma mulher livre"

DJ relata que está recebendo mais ataques do que quando participou do reality

Ex-BBB Lumena rebate críticas após criar perfil em site de conteúdo adulto: "Eu sou uma mulher livre" ADRIANO FOTOS CLICK / Reprodução @lumena.aleluia/Reprodução @lumena.aleluia
Ex-BBB Lumena Aleluia criou uma conta na plataforma de conteúdo adulto Privacy Foto: ADRIANO FOTOS CLICK / Reprodução @lumena.aleluia / Reprodução @lumena.aleluia
GZH
GZH

Após anunciar a entrada no site de conteúdo adulto Privacy, a ex-BBB Lumena Aleluia usou o Twitter para rebater críticas a respeito de sua decisão. Entre os argumentos, o público afirma ter se decepcionado com a postura da DJ, pois ela costumava defender valores feministas no reality, e produzir conteúdos eróticos reforçaria a objetificação sexual da mulher.

 De acordo com Lumena, agora ela está recebendo mais ataques do que quando participou do Big Brother Brasil

"Em um dia de trabalho numa plataforma para conteúdo adulto, eu já recebi mais ataque do que quando eu estava no BBB… e eu só tenho uma coisa a dizer: foda-se! Eu sou uma mulher livre e desimpedida", escreveu.

Apesar de alegarem que Lumena está recorrendo ao site por necessidade financeira, a ex-sister desmentiu os boatos, e afirmou que tem realizado bons trabalhos.

"Gente, importante lembrar que ao longo desse ano eu fechei contratos de publicidade com marcas super relevantes financeiramente. E minha agenda como DJ vai muito bem, obrigada", afirmou.

No Twitter, uma usuária comentou:  "Me assusta você, que foi militante no BBB, chamar isso de liberdade. De fato, você é livre para fazer o que quiser com o corpo, mas vamos deixar claro que o corpo feminino sempre foi objetificado e vender ele só reforça isso. Mas, sim, você é LIVRE pra fazer o que quiser".

A artista não foi a primeira participante do reality a ingressar no mercado de conteúdos eróticos. Maria e Luciano Estevan foram alguns dos ex-jogadores que aderiram às plataformas. Para acessar os materiais de Lumena, há um custo de R$ 79,90 por mês.

"É muito decepcionante ver comentários me associando a um processo de decadência por simplesmente ter tido a coragem de me autorizar num conteúdo 18+", acrescentou a ex-BBB. "Ressignifiquem essa informação, pois ela é falsa… Obviamente, dinheiro é bom e a gente gosta", finalizou. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros