Michele Vaz Pradella: de Bruaca a Chalaneira, a rainha do Pantanal - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Noveleiros06/08/2022 | 10h00Atualizada em 06/08/2022 | 10h00

Michele Vaz Pradella: de Bruaca a Chalaneira, a rainha do Pantanal

Isabel Teixeira vem roubando a cena na pele de Maria

Michele Vaz Pradella: de Bruaca a Chalaneira, a rainha do Pantanal João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação/TV Globo/Divulgação
Maria conquistou o coração do público Foto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação / TV Globo/Divulgação

Em uma trama envolta em misticismo e até uma certa magia, a personagem que mais se destaca é também a mais humana, com dramas realistas, que poderiam – e são – comuns a muitas mulheres. É claro que estou falando de Maria, agora ex-Bruaca, brilhantemente vivida por Isabel Teixeira. A semana foi toda dela, que roubou a cena de Juma (Alanis Guillen) e tomou para si o papel de protagonista moral de Pantanal.

Desde o início da novela, Maria ganhou o coração do público, que sofre, dá risada, chora e torce para que ela tenha um final feliz. A empatia dos telespectadores é tamanha que pouco importa se a dona de casa traiu o marido ou ameaçou matá-lo. Para eles, Tenório (Murilo Benício) merecia até mais. Porém, como disse o Velho do Rio (Osmar Prado), o pilantra ainda tem muito o que padecer, em vida, pelos crimes que cometeu.

Nova fase

Depois de sair de casa, Maria teve seus momentos de sofrimento e dor. No entanto, passado o luto inicial, ela até voltou a sorrir e agora atende por Maria Chalaneira. 

Foi lindo ver a cumplicidade com Eugênio (Almir Sater), com quem formou uma afinada dupla de voz e viola. A atriz soltou a voz, fez jus ao legado de seu pai, Renato Teixeira, e deixou o povo de casa arrepiado com tanto talento, na música e na atuação.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros