José Augusto Barros: "O empate foi um grande resultado" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Tricolor17/10/2016 | 07h52Atualizada em 17/10/2016 | 07h52

José Augusto Barros: "O empate foi um grande resultado"

José Augusto Barros: "O empate foi um grande resultado" Ivan Storti/Santos FC
Foto: Ivan Storti / Santos FC

Claro que, na atual situação do campeonato, com tantos times disputando as vagas do G-6, o ideal seria ganhar todos os jogos que restam. Mas com todas as circunstâncias que envolveram o jogo de ontem, na Vila Belmiro, contra o Santos, o empate foi um excelente resultado.

Leia outras colunas da Paixão Tricolor

Primeiro, sempre é bom lembrarmos que nosso histórico, e de boa parte dos times brasileiros, é péssimo contra o Peixe na Vila. Segundo, Renato mandou a campo um time reserva contra um dos times mais qualificados do Brasileirão. E ainda saímos na frente, com um golaço de Everton, logo no começo, situação que obrigou o time paulista a se jogar para o ataque. O empate está dentro de um cálculo que nos deixa com chances de chegar ao fim do Brasileirão com possibilidades de pegar umas das vagas para a Libertadores.

Tendo em vista o desentrosamento dos jogadores que foram a campo, o Grêmio teve uma boa atuação. Grassi salvou várias situações claras do time paulista. Mesmo que o gol santista tenha saído de um problema eterno da zaga tricolor, a bola aérea, a atuação da zaga foi satisfatória, até porque o Santos tem muita qualidade do meio para a frente, com nomes de como Lucas Lima e Ricardo Oliveira.

Atuação digna

No ataque, Everton teve bons momentos e deixou o seu gol em uma excelente jogada. A lamentar, mais uma vez, a claríssima chance de gol perdida pelo atacante, no fim do jogo, quase embaixo do gol, depois da defesa parcial do goleiro Vanderlei. Mas acredito que, como se diz popularmente, ficou ¿elas por elas¿, tendo em vista a quantidade de chances perdidas pelo Santos.


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros