José Augusto Barros: "Só pode ser piada do STJD"  - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Tricolor17/11/2016 | 08h02Atualizada em 17/11/2016 | 08h02

José Augusto Barros: "Só pode ser piada do STJD" 

José Augusto Barros: "Só pode ser piada do STJD"  Bruno Alencastro/Agencia RBS
Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

A punição aplicada pelo STDJ ao Grêmio por conta da "invasão" de campo de Carol Portaluppi ao final do jogo contra o Cruzeiro foi completamente desproporcional. Lembrando do fato, e de algumas decisões do órgão, só consigo pensar uma coisa: o STJD está de brincadeira.

A punição aplicada pelos dois primeiros auditores — uma multa de R$ 30 mil — estava de bom tamanho para punir a tal "invasão" da filha de nosso comandante.

Mesmo que o Tricolor tenha anunciado que irá pedir efeito suspensivo, a notícia chega em uma péssima hora, quando as atenções deveriam estar voltadas só para o campo. Mas tenho fé que uma decisão tão absurda não se sustentará.

Enquanto digerimos a notícia, a noite de hoje é de Brasileirão. E está mais do que acertado o discurso de Renato Portaluppi de cobrar foco no Brasileirão antes da decisão da Copa do Brasil. Ele também acerta ao escalar o que temos de melhor para o jogo de hoje, contra o São Paulo.

Ritmo de jogo
Mais do que uma chance de vitória contra o São Paulo, que nos traz a possibilidade de entrar no G-6, a escalação dos titulares no confronto é a oportunidade de manter o ritmo de jogo dos atletas, já que a última partida de alguns deles foi no quase já distante dia 2 de novembro, contra o Cruzeiro.

Outra boa notícia em um momento decisivo é o efeito suspensivo concedido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ao lateral Edílson, pela expulsão no Gre-Nal. Em vários jogos, ele é um excelente desafogo pela direita e será nome fundamental para uma saída qualificada de jogo.

Leia outras colunas da Paixão Tricolor

*Diário Gaúcho



 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros