Guerrinha: Festa do Grêmio contra o Zamora - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Guerra Total26/05/2017 | 08h04Atualizada em 26/05/2017 | 08h04

Guerrinha: Festa do Grêmio contra o Zamora

Colunista analisa goleada que classificou o time em primeiro lugar

Guerrinha: Festa do Grêmio contra o Zamora Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Foi uma festa. Jogando na frente do seu povo, tentando garantir a melhor campanha da primeira fase, o Grêmio não teve dificuldade para bater o fraco Zamora. Cabia até mais, se o time do técnico Renato não tivesse desperdiçado tantas oportunidades na frente do goleiro. A goleada credita a turma do Humaitá a algo maior nesta Libertadores. O Grêmio deu mostras de que a torcida não está proibida de sonhar com o tricampeonato, ainda mais se melhorar a pontaria.

Estranho – É fácil de explicar. Claro que o Inter sonha com reversão sobre o Palmeiras, com o título da Copa do Brasil, mas a prioridade está na Série B, no Paysandu, sábado. Assim, causa estranheza o fato de que D¿Ale seja poupado contra o Papão. 

Desperdício – Custou muito caro. Mesmo fora de casa, o Atlético-MG criou muito mais chances de gols, mas errou no último lance, deu chance ao azar, perdeu para o Paraná, por 3 a 2, e largou atrás na Copa do Brasil.Pela maior qualidade, fator local, tudo indica que o Galo vai reverter.

Camisa – Prevaleceu a camisa. Diferentemente do que se pensava, o Flamengo derrotou, outra vez, o Atlético-GO e passou de fase na Copa do Brasil. Mas jogou um futebol de chorar e até correu riscos. Se repetir a atuação do Serra Dourada, independentemente do rival, o Mengão terá vida curta na competição.

Perguntinha — Quem o Grêmio quer enfrentar na próxima fase da Libertadores?

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros