Cacalo: "A outra face da moeda" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Tricolor08/07/2017 | 07h03Atualizada em 08/07/2017 | 07h03

Cacalo: "A outra face da moeda"

Temos que pensar como ficará o ânimo do atleta se ele não for negociado

Cacalo: "A outra face da moeda" Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Estamos falando muito a respeito da venda de jogadores do Grêmio. O assunto está devidamente debatido, e não vou cansar os leitores, pelo menos por agora, repetindo a matéria. Mas quero examinar isso sob outro ângulo.

Suponhamos que a janela se feche e nenhum atleta seja negociado. A preocupação, neste caso, é a questão psicológica, emocional, que possa assolar a mente e o coração de jogadores que contavam com aquela transação. Que ânimo ou motivação terão daqui para a frente, contando com aquela remuneração acima da média, para efeito de futebol brasileiro?

Quão forte deverá ser o trabalho interno de Renato e da direção para manter elevada a ambição profissional, especialmente dentro do campo de jogo destes atletas? Há que se entender que são seres humanos, profissionais, com carreiras curtas, e buscam desde logo a independência financeira. Temos que avaliar esta circunstância.

Jogo complicado

Por fim, o jogo contra o Avaí será difícil, e espero que ninguém caia na esparrela de achar que é jogo jogado. Vamos para a Arena em busca dos necessários três pontos..

DIÁRIO GAÚCHO

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros