Cacalo: "A força do elenco" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Tricolor04/09/2017 | 07h00Atualizada em 04/09/2017 | 07h00

Cacalo: "A força do elenco"

Grêmio mostrou, na vitória sobre o Sport, que tem grupo para disputar Libertadores e Brasileirão

Cacalo: "A força do elenco" Carlos Macedo/Agencia RBS
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Rotineiramente, o técnico Renato, os atletas e a direção do departamento de futebol têm dito que o Grêmio tem elenco suficiente para disputar, com reais chances de vencer, todas as competições do ano. Algumas vezes, especialmente quando vai a campo uma equipe totalmente reserva, o Tricolor tem sofrido algumas derrotas inesperadas, o que se atribui quase sempre à equipe totalmente suplente.

Mas estou entre aqueles que pensam que o Grêmio tem um bom grupo de profissionais, mas que há uma certa diferença entre a equipe considerada titular e aquela só com reservas. Quando mais não seja, pelo desentrosamento e pela eventual falta de ritmo de jogo.

No entanto, tenho convicção de que há um elenco razoável em que, pelo menos, quatro ou cinco jogadores têm total capacidade de substituir os titulares. E, evidentemente, quando são escalados apenas alguns desses reservas junto aos costumeiros titulares, o rendimento se assemelha em muito àqueles que estão acostumados a jogar.

Sem desistir

Foi isso que se viu no sábado. Com uma equipe, pode-se dizer, quase mista, o Tricolor não encontrou dificuldade em vencer o Sport. Diga-se, a bem da verdade que o time pernambucano naufragou após o primeiro gol do Grêmio. Mas o Tricolor cumpriu seu papel e aproximou-se do Corinthians.

Mantidas as condições atuais do Brasileirão, apesar da distância momentânea, o encontro contra o time paulista vai definir as chances do Grêmio na competição. Tenho escrito e repetido: desistir jamais. Mesmo com a Libertadores "atrapalhando".

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros