Cacalo: "Pensando na Libertadores" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Tricolor16/11/2017 | 07h00Atualizada em 16/11/2017 | 07h00

Cacalo: "Pensando na Libertadores"

Grêmio garantiu sua classificação à competição no ano que vem

Cacalo: "Pensando na Libertadores" Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Não imaginem, os amigos leitores, que quero me referir no título da coluna à final da Libertadores. Penso, desde já, na Libertadores de 2018. O Grêmio vive um momento de tanta grandeza que não lembro de outro clube neste país que está ao mesmo tempo em duas Copas Libertadores.

O jogo de ontem, contra o São Paulo, foi exemplo de disciplina de ambos os clubes. Kannemann parecia estar jogando uma decisão de Copa do Mundo, tal a sua dedicação e avidez por vitória. Vale destacar também a extraordinária fase de Marcelo Grohe. Quando é preciso, aparece e mostra sua competência.

Susto antecipado

A decisão da Copa Libertadores da América está apresentando muitos fatos paralelos, que se não dizem respeito diretamente à competição em si, andam pela periferia. Com uma demonstração de cautela e logística, o Grêmio reservou o hotel Intercontinental, em que ficará hospedado em Buenos Aires. Aliás, agiu corretamente, preocupado com aquilo que pode manter os atletas dedicados ao jogo.

A equipe da RBS, que já está há alguns dias em Buenos Aires com o repórter Adriano de Carvalho, falou sobre uma explosão no hotel ontem pela manhã. Não é caso de terrorismo, muito menos de uma eventual perturbação aos gremistas, porque todo mundo sabe que o Grêmio não se encontra na Argentina.

A informação inicial é de que houve um vazamento de gás. O fato desencadeou uma total evacuação do hotel. Claro que, se o Grêmio lá estivesse, seria um transtorno para o seu grupo.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros