Cacalo: "Cresce muito nossa paixão tricolor" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão Tricolor18/12/2017 | 07h00Atualizada em 18/12/2017 | 07h00

Cacalo: "Cresce muito nossa paixão tricolor"

Perdemos para o Real Madrid, uma equipe superior. Mas nosso time foi bravo e aguerrido em campo. 

Cacalo: "Cresce muito nossa paixão tricolor" Anderson Fetter/Agencia RBS
Foto: Anderson Fetter / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

É verdade. Perdemos para o melhor do mundo em todos os tempos, que jogou com sua força máxima, sem reservas ou enxertos. Perdemos para o maior ganhador de títulos de todos os tempos. E perdemos sofrendo um gol esdrúxulo. Mas é do jogo.  Inegavelmente, o Real Madrid foi muito superior ao Grêmio. e temos de nos contentar em ser o segundo do mundo. Prestem atenção: fomos vice-campeões parao Real Madrid, com todos os seus astros. 

Mas falar da qualidade do time galáctico é chover no molhado. Prefiro falar do orgulho que nos proporcionou o tricampeão da América. Estamos definitivamente em outro patamar. Isso não se discute mais. Ou, perdão, discutem os invejosos, aqueles que estão muito distantes. 

Um dos clubes brasileiros, entre todos que conquistaram três vezes a Libertadores, e gaúcho, claro, como sempre, é único. Assim são três decisões de títulos mundiais. Não se esqueçam, por favor, único no Rio Grande do Sul amado. Sirvam nossas façanhas para sejam admiradas e, às vezes, invejadas. 

No ano que vem, tem mais. Já estamos na Libertadores, na Copa do Brasil, aquela do Rei de Copas, sem precisar disputar vaga, e temos uma Recopa Sul-Americana pela frente. 

Se há outro clube nesse patamar, nos avisem, por favor. Ou o Grêmio talvez seja único também nesses três quesitos juntos? Cada um na sua turma. Perdemos para o Real Madrid, um time superior. Mas nosso time foi bravo e aguerrido em campo. 

COPAS DIFERENTES

Mesmo com a derrota e a Arena lotada de torcedores, não houve quebra-quebra decorrente da frustração. Houve orgulho. Todos os que estiveram em Abu Dhabi honraram a camisa tricolor, que mais uma vez tornou-se o clube brasileiro mais debatido  e conhecido no mundo inteiro. Centenas de países ressaltam o Grêmio. 

Dentro de campo, houve esforço, suor da camisa gloriosa, dedicação. Obrigamos o forte Real Madrid, como dizem os jornais espanhóis, a marcar o time gremista. E marcaram bem, Reconheço. Mas, percebam, o destino de um clube dessa grandeza. Enquanto está havendo sorteio entre quase cem clubes para a fase inicial da Copa do Brasil, o Tricolor passa a se preocupar com o sorteio da próxima Libertadores. Quanta diferença! 

No jogo de sábado, não seria jamais oportunista desprovido de caráter para apontar culpados pela derrota e a perda do título do Mundial de Clubes. O grande responsável pela nossa derrota foi o Real Madrid. 

FÉRIAS MERECIDAS

É o momento de férias merecidas, de ano ganho com o tri da América, inédito para nós, gaúchos. No retorno, arregimentaremos forças para enfrentar um 2018 tanto ou mais  difícil do que 2017, pois ainda teremos uma Recopa Sul-Americana pela frente. É o ônus do clube grande. Por fim, quero declarar que nosso time nos encheu de orgulho, que fez crescer, e muito, o nosso amor pelo Tricolor Imortal e que nossa torcida, que esteve no mundo árabe com 8 mil pessoas, mostrou a todos a força dessa camisa, desse clube do Rio Grande do Sul e do Brasil. 

Parabéns, Grêmio, parabéns, presidente Romildo, Odorico e Saul. Vocês levaram o clube a um patamar muito diferenciado dos demais. 

Que venha 2018!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros