Cacalo: "Cheguei a me preocupar" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

"Paixão tricolor02/02/2018 | 07h00Atualizada em 02/02/2018 | 07h00

Cacalo: "Cheguei a me preocupar"

Primeira rodada da Copa do Brasil teve times como Sinop, Aparecidense, Globo e Altos 

Cacalo: "Cheguei a me preocupar" Felipe Nyland/Agencia RBS
Caxias também jogou a primeira rodada da Copa do Brasil Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Não bastasse a situação do meu time estar na zona de rebaixamento do glorioso Gauchão, meio desavisadamente, com o espírito de férias de verão, ouvi notícias sobre a Copa do Brasil. Promoções em meios de comunicação, desafios na luta pela conquista de tal competição, enfim, estava sendo dado um tratamento diferenciado à primeira rodada da Copa do Brasil.

Aí começou a minha preocupação. Não ouvi nem lia algo do Grêmio acerca dessa Copa, logo o Tricolor que é o maior ganhador da competição, pentacampeão. Ainda nesse espirito de ócio em janeiro, fui em busca de informação. Encontrei algumas equipes que estão participado dessa primeira rodada, algumas delas ainda desconhecidas. E fui avisado que o pentacampeão somente participaria do torneio, que considero muito importante, numa fase posterior, na medida em que possui antes outras competições também importantes.

Claro que me acalmei, porque tenho o maior respeito e admiração pela Copa do Brasil. Ainda assim, por curiosidade, fui atrás de clubes que participaram dessa primeira rodada, independente de que tenham sido desclassificados ou não. Apenas a título de ilustração, lembro do Sinop, do Aparecidense, do Globo (que não é a televisão), do Altos (que não significa contrário de baixos) e outros menos votados e desconhecidos.

A Federação

Por outro lado, tive ciência, através de tímidas notícias divulgadas, de que a Federação Gaúcha de Futebol promoveu uma alteração radical em seu estatuto. Permite que seu presidente, em qualquer época, a partir de agora, possa ser também conselheiro eleito de clube de futebol, mesmo que seja filiado à sua própria federação.

Não faço crítica. Desconheço a matéria e as razões para tal mudança, mas imagino que seja para o bem do futebol, como um todo. Enquanto isso, com todas essas peculiaridades, o calendário segue penalizando quem vence grandes títulos.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros