Cacalo: "A CBF irá crescer com Novelletto na direção" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

"Paixão tricolor20/04/2018 | 07h00Atualizada em 20/04/2018 | 07h00

Cacalo: "A CBF irá crescer com Novelletto na direção"

Vamos torcer para que a entidade nacional retome um caminho da seriedade, sem falcatruas

Cacalo: "A CBF irá crescer com Novelletto na direção" Adriana Franciosi/Agencia RBS
Novelletto comanda a FGF Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Historicamente, sempre tive divergências com o Presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Novelletto. Todas no campo esportivo e muitas delas na defesa dos interesses gremistas, por causa da minha paixão tricolor. Em nenhum momento, suspeitei da lisura e da honestidade do presidente. Criticava, em razão de atitudes no âmbito esportivo, que, na minha ótica gremista, entendia que poderia beneficiar nosso antigo rival. 

E, especialmente arbitragens no Gauchão, pois entendia e sigo entendendo que o quadro de árbitros do Rio Grande do Sul é o melhor do país. Anderson Daronco, Leandro Vuaden e Jean Pierre, por exemplo,  dão show de arbitragem, mas, a meu juízo, não repetiam no campeonato estadual o nível de atuação do Brasileirão. E sentiam pressão implícita da Federação Gaúcha. Claro, mera opinião de gremista. 

Pois quero declarar publicamente que apoio integralmente a presença do presidente da Federação Gaúcha no quadro diretivo da CBF. Vai levar experiência, seriedade e muito trabalho à entidade nacional. Todas as minhas divergências foram pontuais e exclusivamente decorrente de jogos de futebol. Jamais pessoais. Por todos estes motivos, quero crer que a CBF estará crescendo com a presença deste gaúcho na direção. 

Caminho de seriedade

Nunca houve qualquer suspeição na FGF. E esta correção de atitudes, vamos ter agora na CBF. Espero que ele atue na área do futebol propriamente dito, para consertar algumas coisas erradas, tais como o calendário, que prejudica por demais os clubes. Vamos torcer para que a partir da nova eleição, a CBF possa retomar um caminho de seriedade, sem falcatruas e dirigentes presos.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros