Cacalo: "O time reserva é do nível da maioria dos demais que participam do Brasileirão" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão tricolor06/08/2018 | 07h00Atualizada em 06/08/2018 | 07h00

Cacalo: "O time reserva é do nível da maioria dos demais que participam do Brasileirão"

Tricolor amassou o Flamengo, líder de então, retirou-o da liderança e só não goleou graças ao seu goleiro e por Jael ter errado um pênalti

Cacalo: "O time reserva é do nível da maioria dos demais que participam do Brasileirão" Tadeu Vilani/Agencia RBS
Jael foi o destaque da partida contra o Flamengo, no sábado à tarde Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Onde estão aqueles que apregoaram aos quatro ventos que o Grêmio havia desistido ou abandonado o Campeonato Brasileiro? Como podem alguns fazerem afirmações sem nenhum conhecimento de causa? Agora, basta mudarem de opinião, bola para a frente e estarão prontos para outras tentativas de acertarem, adivinhando ou se valendo de críticas desprovidas de qualquer fundamento. 

Mas, assim como é a vida, é o futebol. E o pior de tudo é que não sentem a menor vergonha, mesmo sendo desmentidos pelos fatos constantemente. Assim, jogando para valer, com o time inteiramente reserva, mas esbanjando qualidade e vontade de vencer, o Tricolor amassou o Flamengo, líder de então, retirou-o da liderança e somente não goleou graças ao seu goleiro e por Jael ter errado um pênalti. 

Aliás, o centroavante foi escolhido, por unanimidade, o melhor em campo. Marcou seu gol, prestou bela assistência para o gol de Marinho e confirmou o que  Renato tem dito sobre o desempenho do time reserva. A propósito, em várias colunas anteriores, afirmei que o time reserva é do nível da maioria dos demais que participam do Brasileirão. Com uma diferença fundamental, enfrenta o líder do campeonato e joga para vencer.

Mudar o regulamento

Mas é rigorosamente injusto que algumas equipes tenham vantagem no enfrentamento, porque muitas outras estão jogando com equipes mistas ou reservas. Há de se mudar esse regulamento para que não haja esse prejuízo para quem disputa a Libertadores, por exemplo. Basta ver quantos jogaram essa rodada com times reservas.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros